A situação da militante Karol Conká continua piorando: Segundo a revista Forbes, ela poderá sofrer R$ 5 milhões em prejuízos por suas atitudes

Dados da Imagem
Karol Conká com uma cara de que comeu e não gostou (Reprodução / Globo Play / Rede Globo).

A situação da militante Karol Conká continua piorando: Segundo a revista Forbes, ela poderá sofrer R$ 5 milhões em prejuízos por suas atitudes​


Todos que seguem o POLITZ estão acompanhando a cobertura relacionada aos fatos políticos que envolvem a militante de extrema-esquerda, Karol Conká, que protagonizou uma série de lacrações supostamente criminosas contra outros participantes do reality show da Rede Globo, o Big Brother Brasil.

Novamente adiantamos que não assistimos essa porcaria, mas se o tema envolve assuntos de relevante interesse público, envolve a esquerda e suas falácias, envolve lacrações mal feitas e até possíveis condutas criminosas, o POLITZ estará aqui para noticiar.

Retornando aos fatos, a Revista Forbes, conhecida pela sua temática econômica e normalmente envolvendo cifras milionárias, publicou uma reportagem conforme noticiado pela fonte originária (elencada abaixo), de que as consequências das atitudes protagonizadas pela lacradora Karol Conká no Big Brother Brasil podem fazer com que ela perca até R$ 5 milhões em faturamento, em decorrência de apresentações e contratos que foram cancelados (e provavelmente muitos outros que virão a serem rescindidos).

A publicação da Forbes solicitou uma análise da Agência Brunch, afirmando que a cantora deve levar pelo menos seis meses para dar a volta por cima da grave crise que ela está enfrentando, lembrando sempre que a própria militante causou isso em sua própria carreira.

A reportagem também informou que Conká recebia em torno de R$ 48 mil por mês para publicações pagas em seu Instagram. Já o cache para shows e eventos era algo em torno de R$ 150 mil, ganhando mais de meio milhão de reais por mês se fizesse 4 apresentações mensais.“

Ana Paula Passarelli, cofundadora da agência afirmou: "Se ela estava planejando usar o 'BBB' como forma de impulsionar seus shows e contratos publicitários, é importante salientar que, ao sair da casa com a reputação tão prejudicada e com shows já cancelados, ela ainda deve levar tempo para recuperar este ritmo de trabalho e não retomará aos ganhos que tinha antes do programa".

Entre as perdas recentes da cantora esquerdista, já temos o cancelamento da sua participação no programa da GNT, Prazer Feminino, pertencente à Rede Globo. Um show online teria sido realizado e já gravado, mas não será mais exibido no festival 'Rec-beat'.

A situação da militante esquerdista só piora.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
456
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom