Alexandre Frota dá para trás e volta para a CPI das Fake News após ter desistido dela atendendo o pedido do PSDB

Horas depois de anunciar que deixaria a CPI das Fake News, outro aparato estatal na tentativa de controlar a liberdade de expressão e pensamento, conforme informamos:

Ex-ator pornô, Alexandre Frota, abandona a CPI das Fake News para se 'dedicar à Comissão de Cultura da Câmara'

Ex-ator pornô, Alexandre Frota, abandona a CPI das Fake News para se 'dedicar à Comissão de Cultura da Câmara'

A CPI das Fake News que até agora não conseguiu produzir uma porcaria aproveitável para a sociedade brasileira, presidida pelo então presidente Angelo Coronel, relator da proposta de Lei das Fake News, aprovada de forma vergonhosa pelo Senado Federal que além de ter torrado milhões em dinheiro...

Alexandre Frota deu para trás e resolveu voltar para à CPI das Fake News, atendendo ao pedido do líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio, afirmando que o ex-ator pornô é "uma das pessoas que mais entendem do tema".

Vejam a declaração publicada pela fonte originária:

Fizemos um apelo para que o deputado Alexandre Frota permanecesse na CPMI das Fake News e ele, sempre muito colaborativo e participativo na bancada, nos atendeu. O conhecimento e a experiência dele na comissão, onde, aliás, é uma das pessoas que mais entendem do tema, serão fundamentais para o apontamento de correções e aprimoramento que a bancada poderá propor ao projeto que trata desse mesmo assunto e que foi aprovado no Senado.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
213
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom