Após Ministro Gilmar Mendes acusar Ernesto Araújo de propagar 'fake news', chanceler rebate e pede para que ele "leia novamente"

Dados da Imagem
Nosso chanceler, o Ministro Ernesto Araújo (Zsolt BURGER / MFA).

Após Ministro Gilmar Mendes acusar Ernesto Araújo de propagar 'fake news', chanceler rebate e pede para que ele "leia novamente"​


Antes de começarmos a reportagem, estamos escolhendo muito bem as palavras para evitar qualquer tipo de acusação contra nós, evitando-se assim a possibilidade do POLITZ ser preso por ter um blog na internet, então, muita calma nessa hora.

As discussões sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal que basicamente 'alterou' as prerrogativas do Presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento da pandemia chinesa, causada pelo Coronavírus/Covid-19, continuam dando o que falar.

O respeitabilíssimo Ministro Gilmar Mendes do STF, ontem, rebateu no final da noite uma postagem do chanceler Ernesto Araújo, na qual ele afirmou em inglês para enfrentar uma acusação da CNN:

A CNN entende tudo errado sobre Brasil e Covid.
Aqui estão os fatos:
• Após uma decisão da Suprema Corte de abril de 2020, os Governadores Estaduais - não o Presidente - têm, na prática, toda autoridade para estabelecer / administrar todas as medidas de distanciamento social.
• O presidente Bolsonaro enviou US $ 98 bilhões para os estados em 2020 para manter e expandir seus sistemas públicos de saúde com mais leitos de UTI etc. (o número de leitos de UTI havia diminuído em presidentes anteriores)
• O presidente criou um programa de transferência direta de US $ 47 bilhões, atingindo 67 milhões de pobres [...]



A thread do Ministro das Relações Exteriores continua e vai mostrando o que o Presidente Bolsonaro já fez pelo país durante a pandemia, o que poderá ser conferido aqui:


Posteriormente, o respeitabilíssimo Ministro Gilmar Mendes, respondeu também em inglês ao tweet, acusando Ernesto Araújo de propagar fake news:

FAKE NEWS! Aqui está o fato: o Supremo Tribunal Federal decidiu que as administrações federal, estadual e municipal têm competência para adotar medidas de distanciamento social. Todos os níveis de governo são responsáveis pelo desastre que enfrentamos.


Bem, com todo respeito Sr. Ministro, não é muito o que parece. A impressão que o povo brasileiro tem é de que os governos estaduais podem fazer o que quiserem enquanto o Poder Executivo, na pessoa do Presidente Bolsonaro, apenas assina os cheques e manda bilhões de reais para as unidades da federação. É uma impressão geral do povo.

De qualquer forma, chegamos ao ponto final da discussão, onde Ernesto Araújo rebate as afirmações do Ministro Mendes, afirmando, como dois lordes ingleses tomando um chá, o seguinte:

Leia de novo por favor
Eu disse “após uma decisão da Suprema Corte” que significa “como consequência de”, não “como literalmente declarado em”.
E eu disse “na prática”, indicando o efeito da decisão na vida real.
Na prática, os governadores tomaram todas as medidas que desejavam e o governo do Fed [sic] paga a conta.



Enfim, é essa a notícia. Nos limitamos nesta situação a apenas informar o caso e não dar nossas opiniões, já que o STF vem limitando a liberdade de expressão de uma maneira, digamos, perigosa para qualquer um que exerça seu direito de liberdade de expressão e pensamento.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
410
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom