Após perder suas contas no Instagram, Facebook e Twitter por ordem de Moraes, Luciano Hang declara: 'É uma afronta à liberdade de expressão'

O empresário dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, se manifestou após perder as suas contas no Twitter, Facebook e no Instagram por ordem do Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal, no âmbito do famigerado Inquérito das Fake News.

Luciano Hang é acusado de financiar os ataques feitos pelas redes, o que ele sempre negou:

- "Me incluíram no meio disso, o que não tem nada a ver. Se vc ler o processo, supostamente alguém falou que eu financiei. Não tem prova nenhuma [...] Se postei algo ofensivo a alguém, que me processem. Não pode é derrubar a conta. É uma afronta à liberdade de expressão. Um absurdo completo"


Luciano Hang lembra que suas contas somam mais de 8,5 milhões de seguidores e inclusive, que sua defesa, pedindo para suspender as investigações até hoje não foi apreciado pelo Poder Público.

Infelizmente há uma notável escalada totalitária por parte de representantes da República Federativa do Brasil e não sabemos exatamente onde isso pode parar. Existe alguma corda ainda a ser esticada?
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
248
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom