Aquele Deputado que ninguém lembra o nome, namorado da Fátima Bernardes, pediu a quebra do sigilo do "gabinete do ódio"

Aparentemente os delírios da CPMI orwelliana do Ministério da Verdade, formalmente conhecida como CPI das Fake News, continuam acontecendo sem parar.

Além de funcionar como um belo prego na tampa do caixão para carreiras políticas, a CPMI que não consegue levantar uma prova se quer da existência de qualquer indício de um "gabinete de ódio", agora quer também quebrar o sigilo dessas pessoas, que nem sabem quem são.

O titular da CPI que torra dinheiro público, o namorado da Fátima Bernardes, mais conhecido como Túlio Gadêlha, pediu a identificação dos integrantes de tal gabinete, supostamente um grupo montado no Instagram para disseminar "notícias falsas" contra adversários políticos.

De acordo com a matéria da fonte originária, a informação é a seguinte:

"Rui Falcão, do PT, pediu que a CPI requisite a Joice os IPs dos computadores usados para administrar essa conta na rede social. Ivan Valente, do PSOL, foi além e requereu a apreensão dos computadores do Palácio do Planalto que supostamente foram usados por integrantes do gabinete de ódio"
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Esse é um dos da minha lista que merece levar porrada porque o sangue fede a leite de soja.
 

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
572
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom