Associação Médica Brasileira vê 'politização' no uso da Hidroxicloroquina e defende o medicamento para combater a praga chinesa e a autonomia médica

A Associação Médica Brasileira, maior entidade nacional da classe profissional, divulgou uma nota pública quanto ao uso do medicamento Hidroxicloroquina, amplamente divulgado e noticiado pelo POLITZ desde que a pandemia chinesa começou a ganhar notoriedade no mundo.

Apenas dois dias depois de que a Sociedade Brasileira de Infectologia recomendar que o uso da hidroxicloroquina deveria ser abandonado em qualquer fase da doença, a AMB divulgou uma nota pública defendendo o uso do fármaco, lembrando da autonomia médica e anuência do paciente.

A diretoria da AMB entende que há motivação política na perseguição à hidroxicloroquina. “Muitos sairão da pandemia apequenados, principalmente médicos e entidades médicas que escolherem manipular a ciência para usá-la como arma no campo político-partidário”, diz parte do texto da associação.

A AMB entende que os estudos realizados até o momento com a hidroxicloroquina não são “seguros, robustos e definitivos sobre a questão”. No entendimento dela, as pesquisas feitas em todo o mundo podem não chegar a uma conclusão antes do fim da pandemia.

Por esse motivo, defende que a hidroxicloroquina não seja boicotada pela saúde. “É importante lembrar que o uso off label de medicamentos é consagrado na medicina, desde que haja clara concordância do paciente. E que, sem a prática do off label, diversas doenças ainda estariam sem tratamento. Não se trata de apologia a este ou àquele fármaco. Trata-se de respeito aos padrões éticos e científicos construídos ao longo dos séculos.”
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
654
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom