Ativistas da extrema-esquerda do Black Lives Matter atacam casal de idosos: '****-se as pessoas brancas, ****-se a polícia'

E trouxemos mais uma vez, como de costume, uma visão bastante diferente de grupos que recebem amplo apoio e capital político (e até financeiro) com visões bastante extremistas, tipicamente da extrema-esquerda: a revolução é sempre pela violência, seja ela verbal ou ate física como em diversos casos de agressões contra cidadãos e a polícia americana.

Como opinião própria, o Black Lives Matter é a mesma coisa que o Antifa. Ambos se confundem e se misturam e utilizam as mesmas táticas para impor seus posicionamentos políticos através da força bruta. Tipicamente esquerdistas. Não vencem ninguém pelos argumentos e partem para a ignorância. Funciona assim no Brasil, nos Estados Unidos e no resto do mundo, em toda a história humana.

E dito isso, a fonte originária (com link disponibilizado abaixo) informa que uma ativista do Black Lives Matter, utilizando uma camisa "Vida de Nazistas Não Importam", atacou verbalmente um casal de idosos que estavam em um restaurante na Pensilvânia, em Pittsburgh. A reportagem relata que enquanto o casal de idosos estava na mesa, com suas refeições e bebidas, a extremista começou a consumir os produtos comprados por eles, enquanto recebia apoio do restante dos manifestantes do BLM.

Outro extremista gritava:

- "****-se 12 e ****-se a polícia [...] Sem justiça, sem paz!"


Momentos antes, outro mascarado do Black Lives Matter gritava com um megafone: "Vocês são uma vergonha!":


Ao mesmo tempo, uma bandeira americana, símbolo de orgulho para qualquer nação soberana, era hasteada de ponta cabeça, enquanto outros manifestantes seguravam cartazes com o dizer: "Cancelem a polícia!" - pedindo literalmente a abolição da instituição que tenta garantir a segurança dos cidadãos americanos.

Outro vídeo do mesmo evento mostrou um ciclista - que estava carregando sua bicicleta na mesma direção da marcha Black Lives Matter - sendo agredido e atingido por um manifestante dos extremistas da esquerda com um megafone. O ciclista então afastou o megafone de seu rosto.


No vídeo, é possível ouvir um manifestante pedindo para "alguém ir pegar ele" de forma bem agressiva.

O presidente Donald Trump reagiu aos vídeos nessa terça-feira:

- "Esses anarquistas, não manifestantes, são eleitores de Biden, mas ele não tem controle e nada a dizer”, escreveu ele no Twitter. "Vergonhoso. Nunca vi algo como isso. Bandidos!"
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
435
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom