Publicações por Paulo Santos

Muitas pessoas se utilizam de um argumento pra justificar o que por si só não se justifica, dizem que a capacidade do bem e do mal, ambas, advém da natureza racional humana, e a nada mais além da própria razão transcende. Acontece que cada vez mais que se aproxima da tentativa de compreender o bem e o mal e todos seus efeitos e resultados, esse argumento se desmancha, aos poucos vai se definhando e mostrando de fato o quão ilógico é. Trata-se de uma preguiça intelectual, uma falta (enorme)...
É notável perceber que a reconceituação de liberdade nas últimas décadas transformou essa palavra que antes carregava tanto significado e questionamento em simplesmente uma espécie de trono, onde quem ali se sentar terá o poder não só pra tudo que lhe convém, mas pra tudo que é possível, beirando até o que carece de sentido. Dissociar liberdade de responsabilidade e dever é um caminho que a sociedade tem transformado lentamente em cultural e que é extremamente nocivo e mortal tanto para a...
Understanding all the complexity of morality is not a simple work as it may seem, first of all, we need to deal with the meaning of moral. The human being is a task to be done, we are born human, but we need to build our humanity all over the years. The objective and subjective points of our questions, given by rationality, differ us from all beings and all races, no other animal questions itself about its actions, choices and feelings. Understanding this, we need to know that there are...
Compreender e enxergar os problemas que nos são apresentados socialmente são coisas bem distintas, enquanto alguns buscam a raiz do problema, outros apenas enxergam os frutos. Se faz cada vez mais necessário então a busca pela origem do mal que nos aflige de forma tão massiva ultimamente, males como, simplesmente, não entender o valor de uma vida. O valor da vida difere de acordo com o que vemos? Bom, numa visão Hedonista, sim, não só difere como nos dá o pseudo poder de determinar quais...
Entender esse apego miserável pelo novo, pelo exclusivo e pelo moderno na sociedade contemporânea não é uma tarefa tão fácil quanto pode aparentar. É necessário ir um pouco mais atrás de compreender o que o ser humano busca, ou melhor, tem buscado cada vez mais. A resposta, é claro, aparência. Não poderia ser outra tendo em vista uma sociedade cada vez mais televisiva, e aqui não falo do aspecto midiático, não por agora. Essa caminhada irritante do homem em encontro do seu 'EU' tem sido...
A filosofia, ao longo de sua jornada, sempre serviu como base e alicerce para a justiça. Tendo assim, então, uma perspectiva abrangente e consolidada na qual a nossa sociedade se fundou. Porém, como tudo que se esvai ou é esquecido com o tempo, a aplicação da filosofia na lei é algo que precisa sempre de uma manutenção para gerar e lubrificar a memória da nossa sociedade. Jorge Pessoa é bacharel em direito, formado na Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas no Rio de Janeiro. (Paulo) O...
A cada dia mais nos deparamos com reflexos sociais de uma lei empírica chamada Lei de Zipf (ou como aqui irei chamar : Lei do Menor Esforço) Acontece que um sujeito chamado George Kingsley Zipf formulou essa lei na sua obra ''Human Behaviour and the Principle of Least Effort'' (''O Comportamento Humano e o Principio do Menor Esforço'') que afirma a tendência humana e universal a tentar obter o máximo resultado a partir do menor esforço. Ainda na década de 40, essa lei empírica se mostrou ser...
Diversos filósofos e teóricos da música ao longo da história compreenderam um vínculo entre essas duas áreas. Estabelecendo que a música expressa, enquanto processo criativo e sentimental, questões que cabem ao campo filosófico, assim como a arte em si e toda área que abrange uma liberdade e espaço para o pensamento filosófico. Vinicius Santa Rosa é artista, músico e compositor. Segue a arte como uma hereditariedade, dotado de um amor artístico admirável. (Paulo) Como você enxerga a música...
A psicologia da mente do homem moderno exprime uma imagem clara de mediocridade e carência, seja afetiva, de bens, de necessidades ou aqui em questão, de direitos. Se nos fosse possível a chance de analisar a sociedade por meio de uma tomografia cerebral, de forma geral, encontraríamos um maldito tumor chamado direitos. Um tumor que tem sido a causa do enfraquecimento da sociedade (e da espécie) de forma generalizada, providos dessa não tão nova assim geração de homens e mulheres mimados que...
Filosofia e Arte são, desde sempre, inseparáveis, com questões mútuas entre si que abrangem a expressão e a história do homem ao longo da sua existência. Renata Camargo Sá, Professora Associada de História e Teoria da Arte (Universidade Federal Fluminense) e Autora do livro: Verdade em Ato: Reflexões sobre a Arte na Época Moderna, responderá a seguir algumas questões a respeito dessas áreas. (Paulo) Como arte e a filosofia coincidem ? (Renata) Arte e filosofia são, ambas, formas de pensar...
Top Bottom