Aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) iniciam a distribuição de vacinas contra a praga chinesa (Coronavírus/Covid-19) em todo o país

Dados da Imagem
Aeronave da Força Aérea Brasileira sendo carregado com vacinas chinesas (Divulgação / Ministério da Defesa).

Aviões da Força Aérea Brasileira iniciam a distribuição de vacinas contra a praga chinesa (Coronavírus/Covid-19) em todo o país​


O respeitável jornalista Cláudio Humberto, citado como fonte primária da nossa reportagem, informa que os aviões da nossa grande Força Aérea Brasileira iniciaram hoje a distribuição nacional das doses da famigerada CoronaVac em todo o país. A vacina que praticamente passou por motivos de "emergência" nos protocolos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária será entregue em todos os estados brasileiros.

Segundo informa a fonte originária, todos os estados e o Distrito Federal estão se preparando para iniciar hoje (18) a vacinação contra a praga chinesa (Coronavírus/Covid-19) com o uso da outra porcaria xing ling chamada de CoronaVac, começando às 17h no fuso de Brasília.

A expectativa é que sejam distribuídas 6 milhões de doses da CoronaVac no país, sendo que hoje de manhã pelo menos dois aviões cargueiros da FAB partiram de Guarulhos (SP) para algumas capitais do país, distribuindo o imunizante que mal chegou a 51% de eficácia. Aviões comerciais também estão sendo utilizados, bem como transportes terrestres estão previstos no plano.

O Ministério da Saúde informou a estimativa do número de imunizantes por região:

Número de pessoas a serem vacinadas em cada região:
  • Norte: 337.332
  • Nordeste: 683.924
  • Sudeste: 1.202.090
  • Sul: 357.821
  • Centro-Oeste: 273.393

Quantidade de doses enviadas por região:
  • Norte: 708.440
  • Nordeste: 1.436.160
  • Sudeste: 2.524.360
  • Sul: 751.440
  • Centro-Oeste: 574.160
Ainda, em nota, o Ministério da Defesa informou que a FAB está distribuindo 22 toneladas de carga, sendo um terço do esforço de logística previsto para o abastecimento dos imunizantes contra a praga chinesa.

A operação conta com aviões KC-390 Millennium, C-130 Hércules e um C-105 Amazonas, além de um C-97 Brasília.

De início, os aviões da FAB foram para o Distrito Federal e dez capitais, sendo o Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

Já o transporte terrestre será feito por 100 caminhões, incluindo sistemas de segurança com rastreamento via GPS e bloqueio via satélite. É previsto também a incorporação de mais 50 caminhões até o final deste mês.

Os caminhões serão todos escoltados pela Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal.

Conforme a publicação do jornalista:

“A Polícia Federal atuará na escolta das vacinas, utilizando os seus grupos táticos e sendo a responsável pela segurança dos espaços federais de armazenamento”, informou a assessoria.

Além das polícias, o planejamento da operação de segurança da logística de distribuição da vacina está sendo feito em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, secretarias de Segurança Pública dos estados e do Distrito Federal e o Ministério da Saúde.

Assim que as vacinas chegarem às capitais, o acompanhamento e segurança serão entregues às polícias locais, que ficarão responsáveis pela segurança na distribuição.
Caberá às secretarias de Saúde de cada estado coordenar o processo de distribuição aos municípios que, por sua vez, executam a vacinação da população.

Neste primeiro momento, serão vacinados profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência, como asilos e instituições psiquiátricas, e a população indígena vivendo em terras indígenas.



Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
153
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom