Centro de Controle de Doenças (CDC) divulga novo relatório mostrando que apenas 6% dos óbitos da pandemia tiveram como única causa o vírus chinês

Uma informação extremamente importante surgiu ontem em relação à pandemia causada pela praga chinesa (Coronavírus/Covid-19), divulgado pelo próprio Centro de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos - ou Center for Disease Control and Prevention.

Segundo o relatório (disponibilizado logo abaixo, junto com a fonte originária da publicação para a devida conferência), apenas 6% dos casos fatais tiveram o Covid-19 como causa única, revelando que o restante dos 94% que foram infectados pelo vírus chinês morrem por "outras causas contribuintes e condições de saúde".

Um trecho divulgado:

A Tabela 3 mostra os tipos de condições de saúde e causas contribuintes mencionadas em conjunto com óbitos envolvendo a doença causada pelo coronavírus 2019 (COVID-19). Para 6% das mortes, COVID-19 foi a única causa mencionada. Para óbitos com doenças ou causas além do COVID-19, em média, houve 2,6 doenças ou causas adicionais por morte.


1598880985674.png

Tabela 3. Condições que contribuem para óbitos envolvendo doença coronavírus 2019 (COVID-19), por faixa etária, Estados Unidos. Período entre 01/02/2020 a 22/08/2020. (Cortesia: CDC).
O CDC listou o seguinte como as principais condições médicas subjacentes relacionadas às mortes por coronavírus:
- Influenza e pneumonia
- Parada respiratória
- Doença hipertensiva
- Diabetes
- Demência vascular e não especificada
- Parada cardíaca
- Insuficiência cardíaca
- Insuficiência renal
- Lesões intencionais e não intencionais, envenenamento e outros eventos adversos
- Outras condições médicas

O CDC explica que seus dados usam contagens provisórias de mortes para "fornecer ao COVID-19 a imagem mais completa e precisa das vidas perdidas".

Esses números são baseados em certidões de óbito, que a organização diz serem a fonte de dados mais confiável. Os atestados de óbito contêm informações que não estão disponíveis em nenhum outro lugar e incluem comorbidades, raça, etnia e local de morte.

O CDC diz que as contagens provisórias de mortes podem não corresponder às contagens de outras fontes, como números dos departamentos de saúde de cada condado, porque os atestados de óbito demoram para ser preenchidos, os estados relatam em taxas diferentes, leva tempo extra para os oficiais codificarem as mortes COVID-19 porque outros sistemas de notificação usam diferentes definições ou métodos para contar mortes.

A organização acrescenta que os dados provisórios ainda não estão completos, as contagens provisórias não são finais e estão sujeitas a alterações e que as contagens de mortes não devem ser comparadas entre os estados.
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
974
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom