Chega de notinhas: Provocação de políticos da CPI do Circo contra militares faz Forças Armadas prometerem uma reação "mais dura"

Dados da Imagem
Os comandantes das Forças Armadas, além do Ministro Braga Neto (Reprodução / Autoria Desconhecida).

Chega de notinhas: Provocação de políticos da CPI do Circo contra militares faz Forças Armadas prometerem uma reação "mais dura"​


Como sabem, ontem, o presidente da CPI do Circo (Comissão Parlamentar de Inquérito), ou melhor, CPI da COVID, Omar Aziz (PSD-AM), teceu diversos comentários inapropriados contra as Forças Armadas brasileiras, braço direito e principal sustentáculo da democracia no país.

A reação na caserna de indignação foi clara, divulgando a famosa notinha de repúdio contra os comentários do Senador, este, que sofreu uma investigação por desviar recursos de verbas de saúde, em torno de milhões, em seu estado amazonense.

Para quem não viu a nota, publicamos em nosso Twitter:


Da mesma forma, também criticamos a reação da instituição, na qual, temos enorme respeito, já que apenas notas de repúdio não parecem ser suficientes para enfrentar toda a criminalidade política que assola este país:


Omar Aziz posteriormente peitou os militares, afirmando que poderiam mandar 'mais 50 notas' que não seria intimidado.

Hoje, veículos da velha mídia divulgaram uma notícia mostrando que as Forças Armadas subiram o tom contra políticos, prometendo uma reação "mais dura", caso as provocações continuem. O recado é claro: cada macaco no seu galho.

A fonte originária conversou com alguns integrantes das Forças Armadas e afirmaram que "não aceitarão serem desrespeitados" pela CPI e que as próximas manifestações podem ter respostas mais críticas, mas sem detalhar que tipo de respostas seriam.

Outras notinhas, talvez? Acho que até o brasileiro comum cansou de notinhas de repúdio.



Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
220
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom