China comunista afronta soberania brasileira novamente e Embaixador do PCCh pede a cabeça do assessor especial Filipe Martins

Dados da Imagem
O assessor especial Filipe Martins (Reprodução / Instagram).

China comunista afronta soberania brasileira novamente e Embaixador do PCCh pede a cabeça do assessor especial Filipe Martins​


O modus operandi da China totalitária, controlada pelo Partido Comunista Chinês é bem conhecido em todo mundo: utilizam ameaças, chantagens, criam burocracias e fazem o que estiverem no seu alcance para impor as suas vontades, muitas vezes, afrontando como sempre a soberania de países, como ocorreu recentemente.

Em notícia que começa a ser divulgada por mídias da mainstream, foi informado que o Embaixador e emissário do Partido Comunista Chinês no Brasil, Yang Wanming, pediu a cabeça do assessor especial da Presidência da República, Filipe Martins, notoriamente conhecido e respeitado em seus meios, dado o seu grande conhecimento ideológico, conservador e dos valores defendidos pela direita mundial.

O recado foi dado pelo Embaixador comunista à emissários do Presidente Jair Bolsonaro, afirmado que Yang estaria "insatisfeito" com a permanência de Filipe Martins como assessor internacional da Presidência da República e que o Brasil teria "muito a ganhar" com a China caso isso acontecesse.

Yang Wanming também é notoriamente conhecido em suas redes sociais por fazer ataques abertos ao país, às decisões do Poder Executivo, bem como, afrontando constantemente a soberania brasileira. Porém, dessa vez, recorreu a parlamentares e representantes do Itamaraty para informar o seu "descontentamento" com Filipe Martins.

O embaixador também disse a interlocutores que não é possível acreditar numa mudança real da política externa enquanto o assessor continuar com a destacada missão de influenciar Bolsonaro nos assuntos internacionais e seguir com poder de ingerência no Itamaraty, sobre o qual sempre teve proeminência.

Temos que destacar que a China é uma ditadura, completamente totalitária, comunista e vem tentando impor seu imperialismo em todo o mundo através desse tipo de jogo, que afronta constantemente a nossa soberania.

O assunto da vez envolve novamente a estatal chinesa Huawei e a sua entrada na rede 5G, uma empresa acusada por diversos países do mundo, inclusive Reino Unido e Estados Unidos e também o Canadá por espionagem estatal em favor do Partido Comunista Chinês.

O recado está dado: ou paramos de depender da China ou seremos escravizados por esse demônio comunista pelo resto de nossas vidas. E lembrem-se: quem faz acordo com o Diabo sempre sai queimado, cedo ou tarde a conta é cobrada, atingindo até as nossas almas.

Fique firme Filipe Martins, estamos com você. E Presidente Bolsonaro, você, mais do que ninguém, sabe que não se deve sequer dialogar com comunistas.

É o recado do POLITZ de hoje.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
334
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom