Com custo de R$ 281 bilhões, Congresso aprovou pelo menos 20 projetos para a praga chinesa, sendo 12 promulgadas e 8 aguardando sanção presidencial

Com a declaração da pandemia, ou melhor, do estado de calamidade pública, decretado a pedido do Presidente Jair Bolsonaro e aprovado pelo Congresso Nacional em 11 de março, o segundo chegou a aprovar pelo menos 20 projetos de lei.

Para vocês terem ideia da "eficiência" do Congresso quando eles querem, da data de início da pandemia até a última quinta-feira, foram apresentados 54 projetos. Os projetos que tiveram impacto econômico causam um rombo de R$ 280,8 bilhões no orçamento público.

O auxílio emergencial para trabalhadores informais chegou a um custo de R$ 124 bilhões.

A ampliação do auxílio emergencial, que ainda não foi sancionado, tem um impacto de R$ 13,9 bilhões.

O orçamento de guerra, que flexibiliza algumas operações do Banco Central, como a compra de dívidas das empresas para auxilia-las durante a crise, apesar de não ter impacto fiscal, pode sim causar um rombo no orçamento.

Já o pacote de socorro aos estados, que ainda não foi promulgado pelo Presidente Jair Bolsonaro, prevê um custo de R$ 125 bilhões, enquanto o programa de socorro às microempresas, também, ainda não sancionado, terá um impacto de R$ 15,9 bilhões.

O plano de Paulo Guedes para a economia foi destruído.

Resta saber quando, se e como o Brasil vai se recuperar dessa desgraça chinesa.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
258
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom