Confederação Nacional da Indústria prevê crescimento do PIB do Brasil em 4% e expansão da indústria em 4,4% para 2021

Dados da Imagem
Presidente da CNI, Robson Braga de Andrade (Agência Brasil).
Temos boas perspectivas que a economia brasileira irá melhorar em 2021, seguindo o otimismo sempre externalizado pelo Ministro Paulo Guedes.

Confirmando as expectativas positivas, dessa vez o Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, trouxe novas previsões para a economia brasileira.

Segundo a CNI, é estimado que o Brasil tenha um crescimento econômico no Produto Interno Bruto (PIB) de pelo menos 4% em 2021. Para o setor industrial, a previsão de expansão é de 4,4%.

É possível ver a íntegra dos dados divulgados hoje clicando aqui.

Infelizmente a estimativa é que o desemprego tenha um aumento de 13,9% para 14,6% no ano que vem.

Robson Braga afirma que não era possível imaginar o que aconteceu com o mundo por conta da pandemia chinesa causada pelo Coronavírus/Covid-19, mas que a perspectiva econômica de 2021 é de recuperação, desde que sejam aprovadas as propostas e reformas econômicas para o país, sendo a tributária como a maior prioridade.

Para ele, a PEC 45, que trata da reforma tributária, daria mais transparência e evitaria sonegação fiscal: "Apoiamos a PEC 45 [que tramita na Câmara], claro, com algumas mudanças, mas é a proposta que mais se adequa ao país para ter um IVA nacional [...] Nosso sistema tributário é caótico, complexo e incompreensível. Tanto para o Brasil, quanto para os investidores externos".

O Presidente da CNI também afirmou que a vitória (suposta, para o POLITZ) de Joe Biden nos Estados Unidos também não alterará as relações comerciais entre os dois países e disse que tem se reunido com autoridades e investidores norte-americanos que vem se manifestando com expectativas positivas também.
A fonte originária também divulgou um pequeno informativo demonstrando as previsões econômicas:

Parâmetro
2020
2021
PIB (%)
-4,30
4,00
PIB Industrial (%)
-3,50
4,40
Taxa de Desemprego (%)
13,90
14,60
IPCA (%)
4,28
3,55
Selic (em % ao ano)
2,00
3,00
Resultado Primário (% do PIB)
-10,90
-2,50
Dívida Pública Bruta (% do PIB)
92,80
92,60
Dólar (R$) – fim de ano
5,15
4,85
Balança Comercial (US$ bilhões)
57,60
49,40
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
166
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom