Covidão da Polícia Federal aponta que respiradores comprados por Helder Barbalho no Pará custaram 86% mais do que a média do mercado

A Operação Para Bellum, deflagrada pela Polícia Federal para investigar irregularidades ocorridas durante o período de pandemia trouxe uma notícia um tanto quanto preocupante para o governador Helder Barbalho, do Pará.

Segundo documentos da perícia anexada aos autos da operação, a Polícia Federal aponta uma série de irregularidades na compra de respiradores pelo governo de Barbalho.

O laudo obtido pela fonte originária, os peritos afirmam que "não há fundamento plausível que justifique a escolha do fornecedor SKN do Brasil". Já que o preço contratado pela compra não é praticado pela média do mercado no mesmo período, pois a Polícia Federal levou em consideração 48 processos de compra e um total de 22.485 unidades de equipamentos similares adquiridos pelo Governo do Pará.

- "O preço médio aferido, dentro do escopo da pesquisa realizada, é de R$ 67.522,99 (sessenta e sete mil, quinhentos e vinte e dois reais e noventa centavos), 86,60% inferior ao contratado."


A perícia continua, ainda mostrando que uma série de procedimentos descumpriram a administração pública, como "prudência, razoabilidade, vinculação ao instrumento convocatório, julgamento objetivo e impessoalidade".

Todos princípios basilares da administração e do direito público.

A fonte originária ainda afirma que a investigação encontrou uma troca de mensagens do representante da empresa com o próprio governador, que até hoje não teria sido denunciado pela subprocuradora Lindôra Araújo, ou mesmo alvo de pedido de afastamento.

1601055979788.png
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
306
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom