Dinamarca abandona projeto de lei de vacinação obrigatória contra o COVID-19, inclusive com uso de força policial, após 9 dias de protestos

O jornalista Paul Joseph Watson trouxe ontem uma informação da Dinamarca que passou despercebida pela maioria do público.

Conforme conta ele em seu site oficial, uma lei na Dinamarca permitiria que as autoridades públicas utilizassem até mesmo forças policiais para obrigar a população a se vacinar contra o vírus chinês (Coronavírus/Covid-19) e acabou sendo abandona após enfrentar 9 dias de protestos consecutivos.

Batizada de "Lei da Epidemia", o governo do país teria poderes para decretar quarentenas mandatórias contra qualquer infectado com uma doença perigosa, mas o que mais acabou revoltando a população foram as questões de vacinações obrigatórias, inclusive com uso de forças policiais para tanto.


"A Autoridade Sanitária dinamarquesa poderia definir grupos de pessoas que devem ser vacinadas para conter e eliminar uma doença perigosa", relata um jornal local.

"As pessoas que recusam o acima exposto podem - em algumas situações - ser coagidas por meio de detenção física, com a polícia autorizada a assistir."

No entanto, após nove dias consecutivos de protestos contra a nova lei, ela acabou sendo descartada pelo poder público.


Na semana passada, a fonte originária afirmou que empresas como a Ticketmaster e as companhias aéreas estão considerando impedir as pessoas de entrar nos locais e voar se não puderem provar que tomaram a vacina.

O jornalista Joseph Watson finaliza a reportagem com o seguinte comentário:

Com uma vacina contra o coronavírus à vista, governos em todo o mundo estão refletindo sobre quais medidas punitivas devem ser aplicadas contra aqueles que se recusam a tomá-la.

Portanto, embora os protestos públicos possam impedir que as autoridades realizem a vacinação forçada, as pessoas que se recusarem a tomar a vacina podem achar que é virtualmente impossível desfrutar de qualquer tipo de vida social, usar transporte público ou até mesmo encontrar emprego.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
1.162
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom