Estados Unidos partem para a guerra contra a hegemonia chinesa no Brasil e Embaixador afirma: "Não usem tecnologia de 5G da China"

Antes de entrar na matéria propriamente dita da fonte originária, o POLITZ quer deixar bem claro uma interpretação acerca dos fatos da relação Brasil e dos Estados Unidos.

Considerando toda a relação entre os dois países, em especial, dos Presidentes, seja Donald Trump ou Jair Bolsonaro, ficou bastante claro que os Estados Unidos entrou mesmo no país para se posicionar na guerra cultural que vivemos, em especial, contra a esquerda, a China e o globalismo imposto pelo o establishment.

Essa entrevista dada à uma rede da mainstream de alto alcance nacional é apenas um dos sinais que mostram o fortalecimento das relações entre os dois países.

Basicamente, o Embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, foi entrevistado e fez uma recomendação nos mesmos padrões americanos para o Brasil, pedindo para evitar usar qualquer tipo de tecnologia vinda da China, em especial, o sistema de 5G, sob o risco de invasões de privacidade, controle, espionagem e todo o massivo aparelhamento estatal proporcionado pela ditadura comunista chinesa.

As declarações do Embaixador foram essas:

- "Nos Estados Unidos, consideramos que a maneira correta de usar essa tecnologia é a proteção da privacidade, proteção dos dados e da informação e que essa informação não é entregue diretamente ao Partido Comunista da China [...] Achamos que esse não é um bom caminho e recomendamos aos aliados, como é o caso do Brasil, para ter cuidado e falar com os nossos aliados sobre a nossa visão, que é a de continuar buscando essa tecnologia que é tão importante, mas buscando fornecedores que tenham os mesmos princípios que nós".

Ele citou empresas como alternativa da Finlândia ou da Suécia para estes casos.

Durante a entrevista, o Embaixador ainda reafirmou a aproximação dos dois países, em especial, a relação de proximidade de Jair Bolsonaro com Donald Trump, na intenção de fortalecer o comércio entre os dois países:

- "É a hora de aproveitar e maximizar a relação entre os dois países"

Veja a entrevista completa no link disponibilizado para a fonte originária dessa nossa publicação, considerando que a nossa reportagem tem um caráter claramente opinativo.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
2.332
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom