Fotos vazadas mostram celas para invasores ilegais do Governo de Joe Biden nos Estados Unidos, com crianças enjauladas como na era de Barack Obama

Dados da Imagem
Uma das imagens vazadas pelo Congressista (Henry Cuellar / Axios).

Fotos vazadas mostram celas para invasores ilegais do Governo de Joe Biden nos Estados Unidos, com crianças enjauladas como na era de Barack Obama​


Pasmem, um congressista Democrata no Texas, Estados Unidos, resolveu ir à público com as fotos vazadas dos centros de detenções em massa de imigrantes, ou melhor, invasores ilegais do país.

O democrata Henry Cuellar, representante do estado, mostrou os centros de detenções de ilegais com pessoas em situações deploráveis, com celas lotadas, em especial, crianças.

Mas nada disso você vai ver na mídia, já que Joe Biden agora é o suposto presidente dos Estados Unidos.

As crianças, a maioria desacompanhadas de seus pais, um legado da era de Barack Obama que perdura até hoje, onde são capturadas pelas autoridades policiais normalmente são detidas em celas para menores de idade, obviamente, numa tentativa de proteger as mesmas dos adultos ilegais que também cruzam a fronteira constantemente.

De acordo com as informações dadas pelo congressista para uma mídia de alto alcance americano, as celas, que possuem capacidade para 260 pessoas, já contam com mais de 400 crianças, vivendo em condições precárias, também dormindo no chão, com cobertores térmicos e sem qualquer tipo de conforto mínimo.

Queremos lembrar que Joe Biden proibiu a visita dos membros do Congresso americano aos centros de detenção, obviamente para evitar quaisquer comentários sobre a sua administração, já que ele é de esquerda e pode tudo, como também acontece no Brasil.

Todos os créditos das imagens obtidas vão para o anônimo que resolveu vazar as imagens para o congressita democrata Henry Cyellar.

O Project Veritas também será creditado, já que mais uma vez conseguiu imagens atômicas sobre as condições VIPs de tratamento dados por Joe Biden, como se verá adiante.

Vamos às imagens:
1616685436638.png

1616685475729.png


1616685525747.png


Como afirmamos, o Projetct Veritas, uma mídia independente de mídia investigativa comandada pelo notório James O'Keefe também divulgou imagens, mostrando mais de 3 mil crianças, muitas delas além do prazo máximo de 72h permitido pela legislação.

Ele publicou parte delas em alguns tweets:


Ver o anexo 164923
Obviamente, o Twitter sendo o que é, logo tratou de censurar as imagens, mas depois de muitos protestos por internautas elas voltaram à aparecer nas postagens de O'Keefe.

Reproduzimos também imagens da fonte originária da nossa reportagem (link logo abaixo para conferência), mostrando as condições muito semelhantes durante a Era de Barack Obama, amada e idolatrada pela mídia e pela esquerda. As imagens são de 2014, época em que o próprio Biden era vice-presidente dos Estados Unidos em conjunto com o queniano Obama.

1616685719469.png


1616685726730.png


1616685770266.png


1616685778092.png


1616685798178.png


1616685804595.png


1616685813372.png


1616685818861.png


1616685824875.png


1616685834741.png


1616685841453.png


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Os progressistas dos Estados Unidos se recusaram em ver isso. Trump avisou que isso ia voltar.

Voltou.

E ainda continuam vendo se nada tivesse acontecido. Infelizmente são maioria lá agora.
 

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
378
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom