General Mourão demonstra ser contra o voto obrigatório e defende que seja revista, afinal, deveria ser uma mera liberdade do cidadão

Dados da Imagem
O General Hamilton Mourão (Wikimedia Commons).
O Renova Mídia, nossa fonte originária para essa publicação, sempre faz uma cobertura muito boa dos bastidores e acontecimentos políticos ao redor de Brasília.

Com um certo atraso, resolvemos trazer essa reportagem feita por eles, já que Hamilton Mourão, apesar de errar de vez em quando nas suas palavras, também acerta de vez em quando, merecendo os nossos elogios e cumprimentos por isso.

No dia 01/12/2020, antes de ontem, o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão fez ponderações bastante apropriadas para uma das maiores falácias lógicas que existem no Brasil, o chamado "voto obrigatório".

O POLITZ em primeiro lugar entende que o voto obrigatório é uma desgraça antidemocrática, não devendo existir em qualquer democracia, devendo ser meramente uma questão de opção do próprio cidadão em participar do pleito eleitoral ou não.

Afinal, não há sentido em apresentar justificativas para ausências eleitorais, possibilidade de voto branco ou nulo, dentre outras falácias, o que no final, só geram custos para o Estado, todos pagos pelo contribuinte, para manter um sistema que na verdade, te obriga a votar, mas se você quiser, não precisa.

Qual é o sentido da existência dessa figura? O cidadão deveria ter a opção de livre escolha se deseja ou não deseja participar da democracia, afinal, é a própria natureza dessa, a opção de exercer a cidadania e não uma obrigação como só acontece no Brasil.

A obrigação do voto acaba favorecendo currais eleitorais, velhos políticos e os chamados "coronéis", tão famosos em algumas regiões do Brasil que ainda fazem as pessoas abaixarem a cabeça quando algum figurão da velha política passa por perto.:

Assim, Hamilton Mourão diante do cenário de uma quantidade expressiva de abstenções no pleito eleitoral deste ano, em especial, no segundo turno, ele acabou declarando para os jornalistas:

- "É uma abstenção alta. Nos últimos anos ela já vinha [crescendo], acredito que aumentou por causa da pandemia [...] Há algum tempo já se discute a questão do voto obrigatório aqui no Brasil, quando você vê que tem gente que foi eleito com menos votos que os brancos, nulos e abstenções, isso é algo que a gente tem que pensar.

Mourão nunca acertou tão em cheio sobre o Brasil com apenas um comentário.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
203
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom