Gerente de campanha de Joe Biden afirma que os resultados das pesquisas eleitorais estão inflados em favor de Biden

A gerente de campanha de Joe Biden, o Creepy ou Sleepy Joe, Jen O'Malley Dillon também não está muito satisfeita com o desempenho do presidenciável de acordo com as pesquisas internas da própria cúpula Democrata.

Ela teria enfatizado de que suas pesquisas internas não estão condizendo com a realidade, não mostrando uma "vantagem de dois dígitos" em nível nacional, como amplamente divulgado pelas mídias mainstream americanas e brasileiras.

Os comentários bem low energy da própria gerente de campanha de Biden foram feitos durante um encontro virtual com apoiadores na última sexta-feira. O vídeo obviamente não está disponível publicamente, pois foi removido após a gafe.

Ela foi bastante clara em suas declarações:

- "Por favor, considere o fato de que não estamos à frente por dois dígitos [...] Esses são números inflacionados nas pesquisas públicas nacionais."


Tais comentários representam o mesmo sentimento que ela teria demonstrado na quarta-feira passada na sua própria rede social, após afirmar que o resultado da corrida eleitoral "está bem mais próximo" do que as pesquisas sugerem:

- "A votação antecipada já está em andamento em muitos estados. Milhões de eleitores já votaram. Mas ainda há um longo caminho a percorrer nesta campanha, e achamos que essa disputa está muito mais próxima do que o pessoal deste site pensa. BEM mais próximo"


O jornalista Shane Goldmacher, do The New York Times, um jornal também bastante conhecido por ser de esquerda e ter endossado constantemente políticos Democratas, fez o seguinte tweet sobre o caso:


Em tradução livre:

A gerente de campanha de Biden, Jen O'Malley Dillon, na cúpula de base, enfatiza que sua pesquisa NÃO mostra uma vantagem de dois dígitos em nível nacional.
"Por favor, considere o fato de que não estamos à frente por dois dígitos"
“Esses são números de pesquisas públicas nacionais inflacionados”


Novamente, não acreditamos em basicamente nada do que sai da mainstream, especialmente pesquisas eleitorais, já que temos trocentas eleições provando exatamente ao contrário do que previam.

Lembramos que o POLITZ foi a única mídia a endossar (e novamente endossamos) e prever a eleição de Donald Trump em 2016 e voltamos a afirmar: Donald Trump será reeleito com folga, desde que não exista nenhuma fraude eleitoral no percurso, o que vem acontecendo em diversos estados.

Chega logo novembro.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
896
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom