Gigante Amazon bane o aplicativo estatal chinês TikTok dos celulares de seus funcionários, justificando por "quesões de segurança"

A empresa Amazon.com, gigante no mercado de varejo mundial, informou aos seus funcionários que baniu a utilização do aplicativo xing lingi TikTok em seus celulares, contados a partir do dia 10 de julho, por conta de "riscos de segurança", ainda citando um memorando enviado diretamente aos seus quadros de trabalhadores.

De acordo com o memorando:p

"Devido ao risco de segurança, o aplicativo TikTok não é mais permitido em dispositivos móveis que acessam o email da Amazon. Se você possui o TikTok no seu dispositivo, remova-o até 10 de julho para manter o acesso móvel ao email da Amazon. No momento, é permitido o uso do TikTok no navegador de laptop da Amazon"


Os representantes da Amazon não responderam aos questionamentos feitos pela fonte originária.

Por outro lado, a chinesa TikTok emitiu o seguinte comunicado:

- "Embora a Amazon não tenha se comunicado conosco antes de enviar seu e-mail e ainda não entendamos suas preocupações, congratulamo-nos com um diálogo para que possamos resolver quaisquer problemas que possam ter e permitir que sua equipe continue participando de nossa comunidade."


A plataforma estatal TikTok, de propriedade do Partido Comunista Chinês (como qualquer empresa aberta na China) foi uma das maiores plataformas sociais em termos de crescimento nos últimos anos, porém, vem sofrendo sérias censuras e críticas ao redor do mundo, como por exemplo, a própria Índia, que baniu diversos aplicativos xing lings do seu país.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse no início desta semana que Washington estava considerando proibir o TikTok nos Estados Unidos. Perguntado se os americanos deveriam fazer o download, ele disse à Fox News: "Somente se você quiser suas informações privadas nas mãos do Partido Comunista Chinês".

Dois senadores republicanos introduziram em março um projeto de lei que proibiria funcionários federais de usarem o TikTok em seus telefones emitidos pelo governo, em meio a crescentes preocupações de segurança nacional em torno da coleta e compartilhamento de dados de usuários dos EUA com o governo da China.

No ano passado, a Marinha dos Estados Unidos proibiu o TikTok de dispositivos móveis emitidos pelo governo, dizendo que o aplicativo de vídeo curto representava uma "ameaça à segurança cibernética".

Em novembro passado, o governo dos EUA lançou uma revisão de segurança nacional da aquisição de US $ 1 bilhão do proprietário da TikTok, Beijing ByteDance Technology Co., do aplicativo de mídia social dos EUA Musical.ly, informou a Reuters pela primeira vez no ano passado.
Fontes das Informações
  • Curtir
Reactions: Gado de Batalha
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
851
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom