Governador comunista do Maranhão, Flávio Dino, afirma que vai processar o Presidente Bolsonaro por criticar a ideologia que mais matou no planeta

O Presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira (ontem) realizou uma visita ao Maranhão, uma terra, como praticamente todo o restante do Norte e do Nordeste, dominado amplamente pela ideologia de esquerda, além do comunismo, responsável essa pelas maiores atrocidades humanidades cometidas em toda história, muito pior que o nazismo, todos frutos da mesma árvore genocida.

Ainda não sabemos por qual motivo o nazismo, comunismo e socialismo não são equiparados criminalmente no Brasil, talvez pelo fato de que diversos políticos e a militância da extrema-esquerda ainda tenha uma certa força, mas é a tendência do futuro, porque basta estudar um mínimo de história para saber que mais de 100 milhões de pessoas já morreram (e continuam morrendo) nas mãos de países que adotaram tal ideologia como base de governo, sempre, ditatoriais.

Durante o evento na qual o Presidente Jair Bolsonaro participou, afirmou que "em um curto espaço de tempo" ele irá "mandar embora o comunismo do Brasil", claramente dando indiretas ao Governador Flávio Dino, do Maranhão, afirmando:

- "Nós não aceitamos esse regime ditatorial [...] Nós vamos, num curto espaço de tempo, mandar embora o comunismo do Brasil. Nós não aceitamos esse regime ditatorial onde o povo não tem vez. Nós somos a liberdade, nós somos aqueles que não têm medo da verdade."


Obviamente isso deixou os comunistas brasileiros enfurecidos, como o próprio Dino, que agora está ameaçando o Presidente da República de processinho pelas falas e pelo exercício da liberdade de expressão, tão prejudicada no país:

- "Ele não tem nenhum limite de legalidade. Se acostumou e acha que é inimputável. O que ele fez aqui no Maranhão se chama propaganda política. Na jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral se chama propaganda eleitoral negativa, que é falar mal de uma outra corrente política [...] Ele não tinha agenda nenhuma aqui no Estado, Veio aqui inaugurar 5 km de asfalto. Nada. Veio fazer campanha eleitoral, só isso. Juridicamente o PCdoB vai representar contra ele em todos ministérios públicos que existem, eleitoral e federal."


Pobre Governador. Ainda não percebeu que o povo não vem mais comprando as suas falácias, já que a esquerda perdeu o monopólio das narrativas e não percebe que a sua classe está passando por um período de extinção.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
331
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom