Governador Greg Abbot do Texas continua como o bastião dos direitos individuais e ordena a proibição de criação de qualquer 'passaporte' de vacinados

Dados da Imagem
Governador High Energy do Texas, Greg Abbot (Reprodução / Eric Gay / AP).

Governador Greg Abbot do Texas continua como o bastião dos direitos individuais e ordena a proibição de criação de qualquer 'passaporte' de vacinados​


O governador republicano do Texas, Greg Abbot, continua enfrentando com força todos os delírios totalitários que se impuseram durante à pandemia da praga chinesa (Coronavírus/COVID-19), em especial, obrigações sem comprovações científicas como o uso de máscaras (ou focinheiras, como costumamos chamar), lockdowns e agora, atacou possivelmente uma das maiores restrições aos direitos individuais que em breve deve virar moda no mundo inteiro: os temerosos passaportes de vacinados contra o COVID-19.

A ordem do governador, emitida nessa terça-feira, proibiu que qualquer agência governamental do estado crie qualquer tipo de "passaporte de vacina" para pessoas imunizadas contra o COVID-19, sendo o segundo estado americano a seguir o mesmo caminho. Antes, Florida deu a mesma ordem executiva, proibindo a criação ou exigência de "passaportes" para a livre circulação de pessoas.

Ele fez uma declaração em uma postagem no Twitter:


Em livre tradução:

Os texanos não deveriam ser obrigados a mostrar prova de vacinação e revelar informações particulares de saúde apenas para fazer suas vidas diárias.

Eu emiti uma Ordem Executiva que proíbe a criação ou exigência pelo governo do Texas de passaportes de vacinas.

Não ameaçem as nossas liberdades individuais.

O post com o vídeo do governador já ultrapassou 400 mil visualizações e mais de 27 mil curtidas.

"Todos os dias, os texanos estão retornando à vida normal à medida que mais pessoas recebem uma vacina segura e eficaz contra o COVID-19. Mas, como eu sempre disse, essas vacinas são sempre voluntárias e nunca forçadas", disse o governador no vídeo postado no Twitter.

“O governo não deve exigir que nenhum texano mostre comprovante de vacinação e revele informações de saúde privadas apenas para fazer suas vidas diárias. É por isso que emiti uma Ordem Executiva que proíbe a exigência de passaportes de vacinas”, continuou a declaração. “Continuaremos a vacinar mais texanos e proteger a saúde pública - e faremos isso sem pisar nas liberdades pessoais dos texanos.”

A ordem executiva também proíbe empresas de exigir qualquer tipo de documento que comprove a vacinação contra o COVID-19.

Na segunda-feira, o Texas, que reduziu a elegibilidade para jovens de 16 anos, administrou mais de 12 milhões de doses da vacina, como consta na ordem executiva do governador.

Por outro lado, o governo esquerdista do Democrata Joe Biden está trabalhando em conjunto com empresas privadas para o desenvolvimento de um passaporte de vacinação. O estado Democrata de Nova York por exemplo, já possuí liberado um app chamado "Excelsior Pass", que permite a entrada e a circulação de pessoas em espaços públicos de eventos e shows, como por exemplo, o Madison Square Garden.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
189
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom