Governadores esquerdistas opositores do Presidente Bolsonaro já adotaram secretamente a Hidroxicloroquina como protocolo para combate ao vírus chinês

Imagem: Todos chamaram Bolsonaro de "irresponsável", mas todos adotaram a cloroquina: Paulo Câmara (PSB-PE), Flávio Dino (PCdoB-MA), Waldez de Goes (PDT-AP), Renan Filho (MDB-AL) e Camilo Santana (PT-CE).
Conforme publicado pela fonte originária, elencada logo abaixo, diversos governadores (foto acima, com seus nomes), adotaram protocolos oficiais para a utilização da Cloroquina/Hidroxicloroquina como protocolo oficial para o tratamento do vírus chinês (Coronavírus/Covid-19) em seus respectivos estados.

Vários deles acusaram recentemente o Presidente Jair Bolsonaro de "irresponsabilidade" ao recomendar o uso de tais medicamentos, mas como a esquerda adora politizar até mortes e caixões, é impossível admitirem que o remédio pode sim salvar vidas.

Por outro lado, governadores como o comunista Flávio Dino (PCdoB) do Maranhão, Renan Filho (MDB) de Alagoas, Mauro Carlesse (DEM) do Tocantins e Waldez Goes (PDT) do Amapá já admitiram publicamente e estão utilizando tal medicamento no protocolo do tratamento da doença, embora usem, mas não admitem isso publicamente, afinal, Jair Bolsonaro não pode vencer nunca.

Se formos para São Paulo, por exemplo, Roberto Kalil e David Uip, famosos médicos do estado, ambos foram salvos pela cloroquina. Kalil foi homem o bastante para assumir o uso do medicamento sem medo de irritar o governador prudente e sofisticado, João Doria.

Conforme a fonte originária, prefeituras do estado do Pará do governo de Helder Barbalho, famoso crítico do Presidente da República já estão distribuindo o "Kit Covid-19", com a Cloroquina e outros medicamentos.

Recentemente publicamos uma interessante informação sobre João Doria:

Mesmo que Governo Federal crie protocolo para uso da Hidroxicloroquina para tratar o vírus chinês, João Doria barrará o uso em São Paulo

Mesmo que Governo Federal crie protocolo para uso da Hidroxicloroquina para tratar o vírus chinês, João Doria barrará o uso em São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, com muita prudência e sofisticação, informou que não irá autorizar o uso do medicamento hidroxicloroquina para pacientes com sintomas leves do vírus chinês (Coronavírus/Covid-19) caso o Governo Federal crie um protocolo autorizando o uso para tanto. O...
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
464
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom