Hamilton Mourão fala em 'divulgação de dados seletivos' pela oposição no INPE enquanto os dados positivos do desmatamento e queimadas que são omitidos

O General Mourão, vice-presidente da República, apesar de apresentar certos desencontros com as opiniões do POLITZ, tem hora que também acaba acertando nos mesmos entendimentos que temos sobre determinados assuntos.

Dessa vez, Hamilton Mourão acertou em suas afirmações ao dizer que estão divulgando dados omissos e seletivos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), de forma que é mostrado apenas o lado "ruim", enquanto os dados de redução de queimadas e desmatamento não são destacados. A declaração foi dada hoje, nessa terça.

- "Quando o dado é negativo o cara vai lá e divulga. Quando é positivo, não divulga, entendeu?", acusou o vice. Questionado sobre quem seria essa pessoa, Mourão respondeu: "Não sei, não sou diretor do Inpe".

Esse assunto, pelo que lembramos, já tinha sido abordado por outras fontes em outras oportunidades, pois há uma clara tentativa de setores governamentais ou não de tentarem literalmente "queimar" a imagem do Brasil perante a opinião internacional.

Um trecho da publicação originária:

A frase de Mourão lembra um episódio de um ano atrás, quando, após embates com o presidente Jair Bolsonaro, o então diretor do Inpe, Ricardo Galvão, anunciou que estava saindo do cargo, para o qual teria mandato até 2020.

Em entrevista dada em 2 de agosto de 2019, Galvão afirmou que a discussão com o mandatário da República gerou um constrangimento insustentável. “O meu discurso em relação ao presidente criou um constrangimento. Tinha uma preocupação muito grande que iria respingar em mim”, explicou o cientista.

Na época, Bolsonaro acusou o Inpe de divulgar dados errados sobre desmatamento. De acordo com relatório publicado em julho, teria havido um aumento de 88% no volume do desmatamento na Amazônia, informação que foi questionada prontamente pelo governo. O presidente chegou a dizer que Galvão, que é professor de física da Universidade de São Paulo (USP), estaria agindo “a serviço de uma ONG”.

Em outra ocasião, o presidente acusou Ricardo Galvão de trabalhar em desfavor do Brasil, “Com toda a devastação que vocês nos acusam de estar fazendo e de ter feito no passado, a Amazônia já teria se extinguido”, declarou Bolsonaro.
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
175
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom