Incompetência ou manipulação? Resultados das pesquisas feitas pelo Ibope não se confirmaram em mais da metade das suas pesquisas, em 15 de 26 cidades

Dados da Imagem
Uma urna eletrônica que representa bem a credibilidade dos institutos de pesquisa (Creative Commons/Divulgação).
Os tais renomados institutos de pesquisas eleitorais no Brasil estão ficando cada vez mais renomados por não acertarem porcaria nenhuma quando estão realizando qualquer tipo de pesquisa eleitoral e isso já vem desde muito antes do Governo de Jair Bolsonaro, onde erraram feio em todas as previsões.

Nas eleições de 2020 não foi nada diferente.

Um levantamento feito pela fonte originária (citado abaixo), mostrou que das 26 pesquisas realizadas no segundo turno pelo Ibope, 15 divergiram dos resultados reais, além das margens de erros.

Em Caucaia, no Ceará, o Ibope dava a vitória de Naumi Amorim (PSD), com 62% dos votos válidos, enquanto Vitor Valim (Pros) acabou ganhando com 51%.

Em Porto Alegre, o Ibope indicava um empate na margem de erro, mostrando a comunista Manuela D'Ávilla com 51% e Sebastião Melo com 49%. O segundo acabou ganhando com 55% dos votos válidos.

Já em Fortalezam, Sartos venceu com 52%, ficando com 9 pontos percentuais a menos do que indicado nas pesquisas.

Veja a imagem divulgada pela fonte originária:

1606830296150.png

Imagem: Poder 360.

Para o caso do Datafolha, 100% dos casos foram para fora da margem de erro. As 4 pesquisas divulgadas pelo grupo Folha acabaram com diferenças muito além da margem de erro. A maior sendo em Recife, em Pernambuco. O candidato João Campos (PSB) dividia com 50% dos votos contra a petista Marília Arraes, perdendo por uma diferença de 6 pontos.

1606830429326.png

Imagem: Poder 360.

Já o conhecido Paraná Pesquisas, que normalmente tem uma credibilidade um pouco maior que os outros institutos, segundo o levantamento feito pela fonte originária, houve uma diferença em 6 das 10 pesquisas realizadas, acima da margem de erro.

Em Porto Alegre (RS), Sebastião Melo (MDB) liderava com 62% dos votos. Acabou eleito com apenas 55%, 7 pontos percentuais a menos do que apresentado pelo resultado da pesquisa.

1606830530072.png

Imagem: Poder 360.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
334
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom