Itália começa a ver queda no número de casos e mortes causados pela praga chinesa e fará abertura gradual da economia no dia 4

A Itália registrou o terceiro dia de queda nos números confirmados de casos do vírus chinês, sejam de mortes ou de novos casos, desde o último dia 19.

As informações são da agência oficial de saúde do país ("Italy Civil Protection"), mostrando que o país está experimentando uma redução nos casos do Coronavírus/Covid-19. Tudo foi divulgado pelo jornal mainstream italiano, La Repubblica.

Enquanto 454 pessoas morreram nas últimas 24 horas e levando o total de mortos para 22.114, os dados dos últimos três dias são os menores do país, já que tais números apresentam uma constante.

Relata o La Repubblica:

- "Pela primeira vez desde o início da epidemia, a infecção dá alguns passos para trás, em vez de sempre seguir em frente [...] A frenagem é consistente há dias, e o valor negativo de hoje é um indicador importante. O aumento de doentes (pessoas atualmente positivas) foi negativo pela primeira vez."

De acordo com o chefe do Italy Civil Protection, Angelo Borrelli: "Para um mês, foi a menor quantidade de hospitalizado em tratamentos intensivos".

Ele ainda afirmou que pelo menos 943 mil italianos foram testados para o vírus chinês.

Diante dessas informações, o Primeiro-ministro Giuseppe Conte, confirmou hoje, terça-feira, que o país iniciará a reabertura gradual das atividades econômicas, de forma gradual partindo do dia 4 de maio e o planejamento será divulgado ao longo dessa semana.

Por outro lado, Conte minimizou quaisquer esperanças de um relaxamento total das medidas mais restritas da quarentena. O anúncio foi feito em um post no próprio Facebook do líder italiano:


Em tradução livre:

- "Gostaria de poder dizer: vamos reabrir tudo. Imediatamente. Começamos amanhã de manhã. Mas essa decisão seria irresponsável. Isso faria a curva de contágio subir de forma descontrolada e anularia todos os esforços que fizemos até agora"

Segundo ele, o programa de reabertura deverá oferecer uma reorganização nos modos de trabalho, sistemas de transporte público e das atividades comerciais:

- "Temos que agir com base num programa nacional que tenha em conta as especificidades territoriais".
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
362
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom