Jair Bolsonaro novamente representa a desconfiança do brasileiro em relação à vacina chinesa: 'Não acredito que a vacina transmita segurança'

A vacina chinesa conhecida como Coronavac vem naturalmente causando desconfiança na população brasileira por diversos motivos.

O primeiro deles é a insistência de João Doria em defender ela como uma solução viável para combater o vírus chinês (Coronavírus/Covid-19). O governador tem uma estranha para não falar bizarra ligação com a China e obviamente com o Partido Comunista Chinês sem transparência nenhuma, onde ninguém sabe até que nível essa relação realmente está em prol dos interesses dos brasileiros.

O segundo motivo, é pelo fato da vacina (como qualquer outra) ter sido criada praticamente em tempo recorde, com um vírus que até hoje não se conhece completamente e consequentemente, como uma vacina feita em tempo recorde poderia realmente ser eficaz contra um patógeno que mal a ciência sabe sobre ele.

E o terceiro e último, podemos até chamar de motivos ideológicos e principiológicos, o fato do vírus chinês ter tido a sua origem na China, por pura irresponsabilidade da ditadura comunista chinesa, todo o acobertamento realizado pelo Partido Comunista Chinês, controlando a Organização Mundial de Saúde como uma marionete. São fatos irrefutáveis, dado o histórico de notícias desde que a pandemia começou.

Ora, seria de fato apropriado, considerando esses três motivos, garantir financiamento com dinheiro público, dando milhões (ou bilhões) de reais para empresas chinesas que estão lucrando em cima de uma solução bastante duvidosa?

Acho que não.

E aparentemente o Presidente Jair Bolsonaro concorda com essas razões, pois segundo a fonte originária, em entrevista para uma rádio de alto alcance nacional, ele afirmou:

- "Da China, nós não compraremos, é decisão minha. Eu não acredito que ela [a vacina] transmita segurança suficiente para a população pela sua origem"
Bolsonaro aproveitou também para colocar o porrete na mesa para botar ordem no circo: "Quando o chefe decide, o subordinado cumpre". Ponto final.

E um segundo momento, nós sabemos muito bem como o comunismo age, manipulando, fazendo propaganda, pressionando, enchendo o bolso de políticos com dinheiro sujo e vendendo soluções para problemas criados pelos próprios.

Nós não deveríamos estar negociando nada com a ditadura comunista da China que usa trabalho escravo em seu país, com seus campos de concentração contra minorias étnicas e graves violações de direitos humanos.

Até quando o Brasil e o Ocidente farão parte disso?
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
218
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom