Jornal da Finlândia publica que empresa conseguiu patentear nos EUA remédio contra o vírus chinês contendo Ivermectina e Hidroxicloroquina

Dados da Imagem
Imagem ilustrativa dos medicamentos (Reprodução / Tiina Jutila / Yle).

Jornal da Finlândia publica noticia que empresa conseguiu patentear nos EUA remédio contra o vírus chinês contendo Ivermectina e Hidroxicloroquina​


Provavelmente a CPI da COVID deverá convocar todos os envolvidos tanto na publicação dessa notícia na maior mídia da Finlândia como também a empresa farmacêutica do país que conseguiu patentear uma droga contra a praga chinesa (Coronavírus/COVID-19) nos Estados Unidos contendo exatamente o que a "ciência brasileira de uma só voz que não pode se contrariada", afirma, com todas as forças, que tais medicamentos como a Hidroxicloroquina e a Ivermectina não possuem efeitos no tratamento contra o vírus chinês.

Como se pode verificar na fonte primária, com o link disponibilizado logo abaixo, o maior conglomerado de jornalismo da Finlândia, algo que se assemelha à BBC inglesa, o jornal Yle publicou exatamente essa informação, de que uma farmacêutica finlandesa conseguiu patentear nos Estados Unidos um medicamento contendo tanto a Hidroxicloroquina, a Ivermectina e uma substância conhecida como Aprotinina.

A farmacêutica Therapeutica Borealis, na região de Turku no país, afirma ter desenvolvido uma substância de aplicação nasal que entrega para o paciente doses baixas e pequenas dos medicamentos, sendo segura e especialmente desenvolvida para países que possuem uma baixa imunidade de rebanho ou pouca cobertura das vacinas contra o vírus chinês.

A patente foi registrada junto ao United States Patent and Trademark Office (em tradução livre: 'Escritório de Patentes e Propriedades Intelectuais dos Estados Unidos'), o conhecido USPTO.

Logo no começo de maio deste ano a companhia recebeu a aprovação inicial para a entrada do pedido da patente, o que foi confirmado agora no final do mês.

“A patente final é um marco importante para nós em nosso caminho para o mercado. Nosso próximo objetivo é encontrar uma empresa da indústria farmacêutica estabelecida com uma escala de negócios internacional", disse o professor Kalervo Väänänen, um dos três inventores e fundadores da Therapeutica Borealis, em um comunicado à imprensa na segunda-feira. Väänänen é biólogo celular e ex-reitor da Universidade de Turku.

Os co-inventores da droga e co-fundadores da Therapeutica Borealis são Lauri Kangas, professor adjunto de ciências da Universidade de Turku, e Matti Rihko, psicólogo e presidente do Conselho da Câmara de Comércio de Turku e da mesma Universidade. Ele também é ex-CEO da Raisio Food Corporation, conhecida por seus produtos como Benecol para o controle do colesterol.

De acordo com a empresa, o spray nasal atua na função celular da mucosa nasal de três formas, prejudicando a capacidade do vírus de penetrar no corpo e se multiplicar, reduzindo assim o risco de doenças graves.

Outra empresa farmacêutica finlandesa, a Rokote Laboratories, está desenvolvendo uma vacina contra o vírus chinês na forma de spray nasal, mas tem lutado para obter financiamento.

"O enfrentamento da pandemia provavelmente requer, além da vacina, um medicamento preventivo ou de ação precoce. Este medicamento também ajuda especialmente em uma situação em que a cobertura vacinal ameaça permanecer muito baixa ou que a imunidade coletiva [ou de rebanho] ainda não foi atingida", disse Väänänen.

O mais engraçado disso tudo é que a reportagem cita tanto o Presidente Jair Bolsonaro como o ex-presidente americano Donald Trump na matéria, citando que os mesmos defenderam o uso de tratamentos precoces, que, segundo o nosso entendimento e trackings de estudos publicados, possuem sim uma certa eficácia no combate ao Covid-19, a depender da dose, estágio da doença, dentre outros fatores, mas isso já foi demonstrado imensamente por nós em nossas publicações.

Obviamente a (des)Organização Mundial de Saúde não recomenda o seu uso inicialmente, já que será aplicado pela via da mucosa nasal.

Será que a CPI da COVID, a maior palhaçada do Senado Federal digna de um circo brasileiro, convocará os finlandeses para darem explicações sobre esse remédio baseado em medicamentos na qual a "ciência" brasileira (e parte internacional) jura de pés juntos que não possuem eficácia contra a praga chinesa? Fica a dúvida do POLITZ.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
3.792
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom