Médica de Taubaté? Hotel de Brasília nega que Ludhmila Hajjar tenha sofrido ameaças ou tentativas de invasão: Câmeras não registraram nada

Dados da Imagem
A cardiologista (de Taubaté?), Ludhmila Hajjar (Mateus Bonomi / AGIF).

Médica de Taubaté? Hotel de Brasília nega que Ludhmila Hajjar tenha sofrido ameaças ou tentativas de invasão: Câmeras não registraram nada​


Mais uma historinha mal contada em uma aparente tentativa de culpar certas ideologias por coisas que nem sequer existiram na vida real, pelo menos é o que relata um jornal de grande circulação nacional que teve contato com o Hotel em Brasília, onde a médica cardiologista, Ludhmila Hajjar, cotada para o Ministério da Saúde, indicada pelo Centrão de Arthur Lira.

Recentemente durante entrevistas, a médica Ludhmilla teria relatado publicamente que afirmou ter deixado o Hotel onde estava hospeda por ter sofrido supostas ameaças e até uma tentativa de invasão ao seu quarto:

"Recebi ataques, ameaças de morte que duraram a noite, tentativas de invasão em hotel que eu estava, fui agredida, [enviaram] áudio e vídeo falsos com perfis, mas estou firme aqui e vou voltar para São Paulo para continuar minha missão, que é ser médica”

O Hotel desmentiu as afirmações da médica, afirmando que ao consultar os sistemas de vigilância por câmeras de segurança não notou nenhuma 'anormalidade' nas imediações do quarto onde ela estava hospedada, muito menos, em qualquer local do estabelecimento, além de terem ouvido os funcionários que não relataram qualquer ocorrência.

A declaração do Hotel que foi disponibilizada:

- "Além do exposto acima, o B Hotel esclarece ainda que após tomar conhecimento das alegações concedidas por Ludhmila, consultou imediatamente o circuito interno de câmeras e não encontrou nenhuma 'anormalidade' nas imediações da suíte ou em qualquer outra área do empreendimento. Funcionários e colaboradores do B Hotel também foram ouvidos e nenhuma ocorrência similar foi constatada."



Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
872
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom