Médico da Globo Drauzio Varella adota a criminosa ideologia de gênero em sua instituição, chamando mulheres de "pessoas com ******"

Dados da Imagem
O médico global que abraçou um criminoso e agora, adota a ideologia de gênero em desrespeito à todas as mulheres (Reprodução / Rede Globo).

Médico da Globo Drauzio Varella adota a criminosa ideologia de gênero em sua instituição, chamando mulheres de "pessoas com ******"


A criminosa ideologia de gênero, nos moldes propostos pelo marxismo/progressismo/gramscismo cultural, vem tomando conta até mesmo das instituições e profissões que teoricamente deveriam seguir a ciência para se basear em suas decisões e não por ideologismo político ou agendas doutrinadoras como o proposto pelo filósofo marxista italiano Antonio Gramsci.

Em suma, Gramsci cunhou o chamado "marxismo cultural" que pregava uma revolução comunista sem o uso de armas, através da infiltração completa da esquerda nos meios de cultura, comunicação, jornalismo, entretenimento, educação e basicamente todas as instituições de um país como forma de subversão de uma sociedade tradicionalmente forte em relação aos seus valores e princípios, em prol da implementação do comunismo/socialismo. Para Gramsci, o maior inimigo da revolução socialista são os próprios valores familiares e judaico-cristãos e estes, os principais alvos para a sua revolução cultural.

Daí o chamado marxismo/progressismo/gramscismo cultural.

A ideologia de gênero nada mais é que uma ação dos grupos de esquerda para distorcer a realidade humana, em especial, de biologia básica, que define que homens e mulheres possuem genes diferentes (cromossosmos XY e XX). Infelizmente a ferramenta comunista está sendo usada amplamente até mesmo para subverter crianças em suas escolas. Talvez seja um dos principais motivos do desespero da esquerda de perder a sua principal linha de frente na lavagem cerebral realizada por ditos "professores", que nada mais são do que agentes comunistas realizam uma verdadeira militância na cabeça das crianças, bem em baixo dos narizes dos pais.

Para aprofundamento da leitura, sugerimos principalmente as obras de Olavo de Carvalho para entender sobre o assunto, além de diversos outros autores que tratam do tema.

Opiniões e fatos históricos à parte, o Portal Dráuzio, instituição do médico da Rede Globo, Drauzio Varella, aparentemente adotou a ideologia de gênero como ferramenta de subversão e consequentemente os ensinamentos do comunista Antonio Gramsci.

Em uma série de publicações feitas no último dia 27, o site do médico global postou no Twitter informações sobre a candidíase, chamando mulheres, portadoras do cromossomo XX, de "pessoas com ******". Óbvio que a justificativa é para "respeitar os transexuais", porém, demonstra um enorme desrespeito às próprias mulheres. Reproduzimos a postagem na íntegra, bem como uma imagem e o arquivo do tweet abaixo, com nosso destaque:

- "A candidíase atinge até 75% das pessoas com ****** em alguma fase da vida e, embora haja essa confusão, ela não é sexualmente transmissível, uma vez que é provocada por fungos que habitam a própria flora biológica. Segue o fio"


A vitória esquerdista no campo cultural já retirou as mulheres dos esportes, permitindo que transexuais, ou homens que se identificam como mulheres à participarem de competições, como se estivessem no mesmo pare e agora, são tratadas como "pessoas com ******". Biologicamente (e cientificamente) falando, é óbvia a diferença de fenótipo entre homens e mulheres, mesmo realizando o tratamento hormonal para a "conversão".

É fato que os níveis hormonais de testosterona, densidade óssea e massa muscular são naturalmente diferentes, não podendo ambos estarem no mesmo patamar, especialmente para competições em que se exigem principalmente a força como variável para uma vitória.

Nossos parabéns à todas as mulheres que apoiaram e apoiam essa ideologia. Vocês estão realmente perdendo cada vez mais espaço.

Como sugestão, o POLITZ clama para que as pessoas que se identificam com o conservadorismo, à direita, ao tradicionalismo, deem espaço para profissionais, instituições ou empresas que sigam os ensinamentos propostos por Antonio Gramsci, caso contrário, você será inteiramente responsável pela a sua derrota do que você acredita.


Arquivo do Tweet
1612190324662.png

Print retirado da timeline do Portal Drauzio no Twitter (Reprodução / POLITZ / Twitter).c




Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
289
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom