Mike Pompeo estava certo: China ordenou que laboratórios destruíssem amostras do Coronavírus para "reduzir riscos de biosegurança"

Conforme relatado por uma fonte originária de grande alcance nacional, a ditadura comunista da China ordenou que seus laboratórios destruíssem amostras do Coronavírus para "reduzir riscos de biossegurança", de acordo com um membro do alto escalão do partido comunista chinês, que afirmou que o partido tem "regras claras para lidar com amostras patogênicas".

Essas alegações primeiramente partiram do Secretário de Estado Americano, Mike Pompeo, onde ele alegou que Pequim teria ordenado que os laboratórios do país destruíssem quaisquer amostras do vírus logo em janeiro, mas logo foi acusado de espalhar fake news e foi alvo de ataques chineses pela afirmação.

No dia 6 de maio, Pompeo acusou formalmente a China de tentar encobrir a pandemia causada pelo vírus chinês em Wuhan, o epicentro da praga chinesa e ainda afirmou que a Comissão Nacional de Saúde da China teria ordenado a destruição das amostras logo em janeiro, no dia 3.

O membro do alto escalão do PCC, Liu Dengfeng, em coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira, confirmou que a Comissão ordenou "diretivas" para tratar sobre "controle de pandemias e prevenção delas e que as atitudes eram para prevenir riscos de biossegurança":

- "Se as condições do laboratório não atenderem aos requisitos para a preservação segura das amostras, as amostras devem ser destruídas no local ou transferidas para uma instituição profissional para proteção."

A alegação de Pompeo de que as amostras foram destruídas como parte de um encobrimento "tira fatos do contexto com o objetivo de enganar intencionalmente as pessoas", disse ele.

O tratamento precoce da China do surto de coronavírus em Wuhan tornou-se objeto de intenso escrutínio. Pequim e Washington buscam desviar a culpa de uma pandemia que infectou mais de 4,6 milhões de pessoas e matou mais de 310.000 em todo o mundo.

Muitos governos, incluindo os EUA, têm regulamentos que exigem laboratórios com classificações mais baixas de biossegurança para destruir ou transferir amostras de patógenos particularmente perigosos. Ainda assim, o governo da China tomou outras ações que sugerem que ele quer interromper uma investigação sobre as origens do vírus.

As autoridades locais de Wuhan coletaram extensas amostras no final de dezembro de um mercado em que se acredita que o vírus começou a se espalhar amplamente, recrutando equipes de desinfecção profissionais para ajudar no esforço, informou o Wall Street Journal. Quatro meses depois, as autoridades ainda precisam compartilhar os dados dessas amostras com qualquer laboratório fora da China.

Alguns pesquisadores chineses e estrangeiros disseram à fonte originária que foram informados por autoridades chinesas que os animais retirados do mercado foram destruídos.

No briefing de sexta-feira, Liu disse que a China sempre foi ativa no compartilhamento de amostras de patógenos com outros países.

Ele disse que as autoridades chinesas "também têm uma atitude ativa e aberta" quando se trata do novo coronavírus "e estão dispostas a compartilhar novas cepas de coronavírus de maneira ordenada" no âmbito da Organização Mundial da Saúde.

Especialistas em saúde pública dizem que provavelmente é tarde demais para investigar o papel do mercado de alimentos na disseminação do Covid-19 e que agora é impossível provar sua origem.
Fontes das Informações
  • Curtir
Reactions: Gado de Batalha
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
1.420
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom