Milhares de pessoas na Suécia receberam resultados falsos-positivos devido a kit de testes defeituosos para a praga chinesa comprados da China

Aproximadamente 3.700 suecos receberam resultados falsos-positivos para o vírus chinês (Coronavírus/Covid-19) devido aos kits de testes comprados da China, de acordo com a agência Reuters.

A notícia veio após um comunicado público do equivalente ao Ministério da Saúde da Suécia, que afirmou que os testes eram ineficazes para identificar a infecção do vírus ou não.

“O fornecedor deve ajustar o desempenho necessário para que este teste seja usado”, disse a microbiologista chefe da agência, Karin Tegmark Wiselll, que acrescentou que o kit de teste foi amplamente exportado para outros países.

A BGI Genomics, duas de cujas subsidiárias estão em uma lista negra econômica dos EUA de empresas implicadas em violações dos direitos humanos relacionadas ao tratamento dado pelos uigures pela China, não foi encontrada para comentar.

Ela recebeu autorização de uso de emergência das autoridades dos EUA para seus kits de teste de coronavírus em março e obteve uma Lista de Uso de Emergência da Organização Mundial de Saúde em maio.

A agência não foi capaz de dizer quantos testes foram feitos com o kit, mas que os 3.700 falsos positivos foram uma 'minoria de casos' e ocorreram quando o vírus estava em níveis muito baixos. Os kits de teste chineses tiveram apenas um efeito marginal nas estatísticas COVID-19 da Suécia, de acordo com o relatório.

A Suécia teve 86.891 infecções confirmadas e 5.814 mortes pelo vírus, de acordo com a agência. Digno de nota, as mortes, infecções e internações em UTI têm caído nas últimas semanas, à medida que o governo explora a possibilidade de flexibilizar suas já frouxas restrições ao coronavírus, como grandes reuniões públicas com mais de 50 pessoas e eventos esportivos.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
1.291
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom