Ministério Público do Trabalho rejeita denúncia de racismo contra Magazine Luiza por programa exclusivo de negros: "Reparação histórica"

O Ministério Público do Trabalho, um órgão que aparentemente adotou todas as teorias marxistas, progressistas e esquerdistas em sua ideologia, entranhada dentro do próprio trabalho de suposta defesa à sociedade, rejeitou todas as 11 denúncias abertas contra a Magazine Luiza, por lançar programa de trainee exclusivamente para negros.

A justificativa, foi a melhor da cartilha marxista possível: "Elemento de reparação histórica da exclusão da população negra do mercado de trabalho digno".

As 11 denúncias, todas no mesmo teor, acusavam a Magalu de promover o racismo ao ter aberto um programa exclusivo para determinada raça da população brasileira e segundo eles, "impede que pessoas que não tenham o tom de pele desejado pela empresa" participassem do processo seletivo.

O MPT achou legítima a campanha, afirmando que a reserva de vagas à população negra configura ação afirmativa, ainda dizendo que falta oportunidades de trabalho para negros, desigualdade na remuneração, barreiras de ascensão profissional em comparação com "os índices de acesso, remuneração e ascensão profissional da população branca".

Para o POLIT, nada mais discriminatório que a própria resposta do Ministério Público e todos os pardos brasileiros e o restante das raças que compõe o país mais miscigenado da história da humanidade. Uma pena.

Ao concluir, segundo a fonte originária, o MPT acrescentou que ações afirmativas como a promovida pelo Magazine Luiza possuem amparo na Constituição Federal, no Estatuto da Igualdade Racial e na Convenção internacional sobre a Eliminação de todas as Formas de Discriminação Racial, da qual o Brasil é signatário.
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
202
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom