Ministério Público Federal determina que a Polícia Federal investigue presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, por estelionato e falsidade ideológica

O POLITZ trouxe uma notícia de ontem que aparentemente passou despercebida por boa parte das mídias tradicionais: chegou a hora do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil ser investigado pela Polícia Federal, sob ordens do próprio Ministério Público Federal.

Conforme informa a fonte originária, Felipe Santa Cruz é suspeito de praticar os crimes de estelionato e falsidade ideológica.

O inquérito foi pedido pelo próprio Instituto Nacional de Advocacia, uma das principais organizações opositoras do presidente da OAB, reunindo mais de 150 advogados.

A acusação se dá pelo suposto fato de Santa Cruz ter inserido em um processo administrativo informação falsa de que o Conselho Federal da OAB teria aprovado o pagamento de uma pensão de R$ 17 mil para um ex-funcionário já aposentado.

Essa pensão não teria sido consenso entre a diretoria da Ordem, formada por Santa Cruz e outros dirigentes, sendo o caso então remetido para o Conselho Federal, que vai deliberar sobre o assunto esse mês.

Segue um trecho da fonte originária:

Em ofício ao MPF, Santa Cruz disse que o ex-funcionário pediu aposentadoria após trabalhar para a OAB por 35 anos e que ela foi concedida com base numa decisão de 1987.

Na ordem para abrir a investigação, o procurador Caio Vaez Dias determinou que a PF requisite de Santa Cruz cópia dos processos administrativos citados por ele em seu ofício e da ata da sessão do Conselho Diretor sobre a pensão de R$ 17 mil.

A fonte originária tentou contato com Felipe Santa Cruz, mas não obteve resposta até a publicação desta notícia.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
183
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom