Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está tranquilo: "Receio de que o SUS entraria em colapso não existe mais" - o que nem chegou a acontecer

Obviamente que a mídia tradicional não consegue ficar um segundo sem buscar pelo em ovo e na cerimônia de posse do novo Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que trabalhou como interino na pasta por 4 meses após a queda de Henrique Mandetta, não foi diferente.

Algumas mídias brasileiras tradicionais acusaram o evento de "ter causado aglomeração", como se pode ver logo abaixo.

O importante é que o discurso de sua posse há um ponto a ser destacado, algo que todos temiam, todos vendiam o pânico, manipulando descaradamente a população.

Pazuello durante o seu discurso afirmou que 'há pouco que o risco de colapso do SUS em meio à pandemia do COVID-19 foi superado' - o que na verdade, não chegou a acontecer. O Sistema Único de Saúde do Brasil deu conta do recado.

- "O receio de que o Sus entraria em colapso não exite mais: não aconteceu nem vai acontecer."


No seu discurso, Pazuello também defendeu o tratamento precoce contra o vírus chinês (Coronavírus/Covid-19):

- "O mundo todo, no primeiro momento, entendeu que o melhor era ficar em casa. Vimos que não era o melhor remédio: o fique em casa, esperando falta de ar. Quanto mais cedo atendermos os pacientes, melhor são suas chances de recuperação. O tratamento precoce salva vidas, por isso temos falado dia após dia: não fique em casa esperando falta de ar. Procure o médico nos primeiros sintomas, comece o tratamento."
Fontes das Informações


Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

E durante esse tempo, as mídias marrons estavam fazendo birra por muitas coisas e atrapalhando em vez de ajudando.
 

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
209
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom