Ministro do STF, Edson Fachin, afirmou que a candidatura de Lula da Silva, um ficha-suja, para a Presidência 'teria feito bem à democracia'

E novamente o POLITZ aparece trazendo mais informações à respeito dos digníssimos Ministros do Supremo Tribunal Federal, a maioria, sendo indicados por governos de esquerda, como na época de Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Dessa vez, a fonte originária informa sobre as declarações do Ministro Edson Fachin que aparentemente não concorda com a Lei da Ficha Limpa, sancionada pelo próprio Lula da Silva.

Segundo a fonte originária, Edson Fachin afirmou hoje que em 2018 "teria feito bem à democracia brasileira" a liberação da candidatura de Lula da Silva para a corrida eleitoral de 2018.

Porém, na época, o Tribunal Superior Eleitoral votou pelo enquadramento do condenado à corrupção em segunda instância, sendo impedido então pela Lei da Ficha Limpa. Fachin teve seu voto vencido, pois votou à favor da candidatura de Lula, ao contrário do Ministro Luís Barroso, que teve o voto acompanhado pelos demais integrantes do Tribunal.

Edson Fachin fez as declarações hoje em um evento online promovido pelo Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade):

- "No julgamento no TSE em que esteve em pauta a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fiquei vencido, mas mantenho a convicção de que não há democracia sem ruído, sem direitos políticos de quem quer que seja. Não nos deixemos levar pelos ódios [...] o tempo mostrou que teria feito bem à democracia brasileiro se a tese que sustentei no TSE tivesse prosperado na Justiça Eleitoral. Fazer fortalecer no Estado democrático o império da lei igual para todos é imprescindível, especialmente para não tolher direitos políticos"


Após Barroso terminar o seu mandato no TSE, Fachin será o próximo Ministro a assumir a Presidência da Corte eleitoral.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
524
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom