Ministro Fachin dá palestra para Federal do Paraná e afirma para estudantes que o Brasil está caminhando para um 'projeto autoritário'

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin recentemente deu uma palestra por videoconferência para acadêmicos da Universidade Federal do Paraná, em um claro posicionamento político, não compatível com a nobre carreira da magistratura.

Ele afirmou que está classificando o país como um "endoautoritarismo" - que seria um pensamento com "verniz democrático, e, por dentro, as instituições serem corroídas a tal ponto de que o hospedeiro, que é a democracia, seja destruído pelo parasita que é o autoritarismo".

Basicamente ele descreveu como o totalitarismo de esquerda é implementado em um país, seja comunismo ou socialismo ou qualquer desculpa que possa ser usada como "democrática", como se vê em países que já passaram por tais sistemas, com exceção de meios puramente revolucionários.

Fachin ainda disse que esse "pensamento" menospreza questões ligadas ao meio ambiente, povos indígenas e quilombolas e ainda disse que em 2022, a população brasileira terá que escolher entre "um projeto democrático e um autoritário".

O Ministro, atualmente vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e vai presidir o próprio Tribunal em 2022, disse também que é necessário confiança no processo eleitoral.

Para ele "soa inadmissível que até mesmo quem tenha saído vencedor nas urnas venha a questionar a credibilidade da Justiça Eleitoral" - em uma clara menção indireta ao Presidente Jair Bolsonaro, que vem questionando, junto com seu eleitorado, a confiança nas urnas eletrônicas.

Indiscutível o posicionamento político do magistrado, incompatível com a carreira que exerce.

A fonte originária publicou um vídeo da palestra em questão, que pode ser assistido aqui ou no link originário disponibilizado abaixo:

Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
1.096
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom