Mudança no tom apocalíptico da mídia sobre EUA e Brasil: Governo Biden vê 'realidade' nos países e Araújo fala que relações vão 'extremamente bem'

Dados da Imagem
Nosso grande Ministro antiglobalista, Ernesto Araújo (Eric Baradt / AFP).

Mudança no tom apocalíptico da mídia sobre EUA e Brasil: Governo Biden vê 'realidade' nos países e Araújo fala que relações vão 'extremamente bem'​


Contrariando as previsões apocalípticas de sempre das mídias tradicionais, na nossa opinião, com uma clara intenção de desinformar o público em geral sobre a real situação fática do país, notamos uma mudança no tom da imprensa ao tratar do assunto Brasil e Estados Unidos. Inicialmente houve um pânico na mídia quando Joe Biden foi supostamente eleito (N.E.: Consideramos a última eleição americana como fraudada), afirmando que haveria um declínio nas relações entre os dois países, já que Presidente Jair Bolsonaro apoiava Donald Trump.

Hoje, um jornal de grande circulação nacional, publicou uma importante informação mostrando que as relações entre os dois países estão indo muito bem, obrigado.

O nosso chanceler, o Ministro Ernesto Araújo, afirmou que a relação com o governo de Joe Biden começou de forma "extremamente bem", enquanto a administração do presidente americano vê as relações como uma "realidade" e não como uma "narrativa distorcida".

- "Nosso diálogo com a administração Biden começou extremamente bem [...] Fico feliz quando vejo que o novo governo americano está olhando a realidade, e não a narrativa distorcida daqueles que têm interesses concretos que não haja uma aproximação Brasil-Estados Unidos, que são aqueles partidários do atraso."

O Ministro na entrevista coletiva concedida à imprensa criticou especialmente um relatório entregue ao governo americano, elaborado por acadêmicos e ativistas (obviamente ligados à esquerda brasileira) com críticas na política ambiental do país, além do Brazil Conference, um evento realizado na Universidade de Harvard nos EUA, onde, conforme disse Araújo, houve afirmações de que a democracia no Brasil estava em risco.

- "O que nós temos é, infelizmente, uma espécie de um esforço de algumas correntes políticas no Brasil de criar uma má imagem do Brasil no exterior"

Nós sabemos muito bem que "corrente política" é essa que o Brasil enfrenta.

Sobre o meio ambiente, um ponto de discórdia entre os dois países, Araújo afirmou o seguinte:

- "Já estamos conversando em um terreno que se achava que seria um terreno de discórdia, que é o terreno do clima e do meio ambiente. Tivemos uma excelente reunião virtual, o ministro Salles e eu, com o secretário John Kerry, a partir da qual já se inaugurou um processo técnico para falar de clima. [...] O secretário John Kerry disse que tem muita expectativa de que o Brasil possa estar representado pelo presidente Bolsonaro, não só representado, mas dar a sua contribuição. Nós estamos nos preparando para isso. O presidente certamente pretende fazer parte desse esforço."

Além disso, nosso chanceler ainda afirmou que o próprio governo brasileiro já foi convidado para participar do Fórum sobre o meio ambiente, marcado para o mês que vem, por convocação do próprio Biden.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
595
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom