Nova variante inédita da porcaria da praga chinesa (Coronavírus/Covid-19) é encontrada no Amazonas e a mídia já samba em cima para vender pânico

Dados da Imagem
Covas emergenciais abertas no estado (Divulgação / Exame).

Nova variante inédita da porcaria da praga chinesa (Coronavírus/Covid-19) é encontrada no Amazonas e a mídia já samba em cima para vender pânico​


É óbvio que a mídia esperneará e sambará até o máximo possível em relação à esse suposto caso encontrado de uma nova variante da praga chinesa (Coronavírus/Covid-19). Esperem dezenas de notícias todos os dias para falar dessa nova cepa do vírus chinês aparentemente encontrado no Amazonas.

Segundo pesquisas divulgadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), fora encontrada uma nova variante (nova cepa) da praga chinesa (Coronavírus/Covid-19) no estado do Amazonas, aqui no Brasil. As mutações foram encontradas em pacientes japoneses e até então, são inéditas em relação ao resto do mundo e a mídia já chama de "nova linhagem brasileira" para vender aquele velho pânico que vende cliques em notícias em troca de pânico.

Os cientistas nem se quer tem qualquer certeza, mas já afirmam que a nova cepa pode ter maior poder de transmissão, sendo elas descritas como variantes na proteína Spike, que faz a ligação do vírus às células do corpo humano, relacionada diretamente à capacidade de transmissão do SaRS-CoV-2 (nome científico da praga chinesa).
Os dados apontam que a linhagem B.1.1.28, que está presente em todo o país e que é a mais frequente no Amazonas, sofreu uma série de mudanças.

Os japoneses colocaram os dados do sequenciamento no banco de dados internacional, e as amostras colhidas agrupam com as nossas aqui. É o mesmo vírus, mas com muitas mutações.", segundo Felipe Naveca, pesquisador da Fiocruz Amazonas.

O sequenciamento foi feito no Japão, com coordenação da Fiocruz, comparando com outras amostras existentes no banco de dados do estado que foram coletadas entre abril e novembro do ano passado. Felipe Naveca explica:

- "Um grupo de pesquisadores da USP-Oxford me procurou para mostrar os resultados das análises deles a partir de material enviado por um laboratório privado do Amazonas. Essas análises também observaram sequências com mutações semelhantes às japonesas. São dois laboratórios completamente independentes, que chegaram à mesma conclusão simultaneamente, sem se comunicarem. O fato de o grupo ter nos mostrado esse resultado foi uma atitude louvável"

Para a fonte originária, o pesquisador explica que a "coincidências" reforçou a convicção de que o vírus passou por 'mutações preocupantes' no Amazonas:

- "Acredito que essas mutações possam ser parte da explicação para essa explosão de casos aqui no Amazonas. Mas nós sabíamos que o número de casos iria aumentar porque as pessoas não estavam fazendo distanciamento; nos dias 26 e 27 de dezembro houve protesto porque o governador mandou fechar o comércio, houve as festas de fim de ano. E o sistema de saúde do estado já estava fragilizado, é uma situação multifatorial a meu ver."
Preparem-se para mais pânico, lockdowns totalitários e mais sensacionalismo vendido por aí.

Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
116
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom