Acaba de se encerrar o primeiro turno na câmara dos deputados, e já temos data para o segundo turno - 6 de agosto -, até lá a oposição tem seu plano.

Eu sei que tá parecendo uma novela essa reforma da previdência, e faz jus a essa comparação, ao ver o PSL votando pelo privilégio dos policiais federais entretanto lutou a ferro e fogo contra privilégios - vai entender -. Como já tinha dito, os esquerdistas (oposição) perderam e feio na votação da reforma da previdência e tentaram ao máximo desfigurar a mesma com destaques. Não vou entrar ao mérito de dizer o que ocorreu ou deixou de ocorrer, quero alertar aos passos que a esquerda vai fazer até o dia 6 de agosto.

Como já é de se esperar, manifestação fracassada a pão de mortadela vai ter sim amigo. A narrativa que vão apostar com tudo é a compra de votos de deputados - caso você não saiba, os deputados inclusive de oposição aprovaram a um tempinho atrás o orçamento impositivo, com ele previa a OBRIGAÇÃO do governo liberar verbas para o parlamento, isso tudo previsto na LDO (Lei de diretrizes orçamentárias - nela é previsto o que tem prioridade no orçamento anual). - para passar a imagem que tudo é imoral e que eles são os "limpinhos" da câmara e sofreram um golpe. Vão aproveitar e dizer que os deputados da oposição que votaram a favor da reforma foram comprados ou que não são 'defensores dos mais pobres', senhorita Tabata Amaral que diga, está ameaçada de ser expulsa do PDT de Ciro Gomes - logo o Ciro, que até a campanha eleitoral apoiava com garras e dentes uma reforma da previdência com capitalização, etc - e alguns deputados do PSB, que praticamente racharam o partido.

Mas não se preocupe leitor, a reforma vai ser aprovada, isso é só para te "encher o saco" com narrativas prontas e para enganar a turminha de militante na internet que se acham 'especialistas' em previdência social. Nesse meio todo, a reforma vai sobreviver a um corredor polonês.
  • Curtir
Reactions: kenshiro_rothschild