Seja na escola ou no Twitter, você já ouvir o certo bordão "os árabes chegaram primeiro a terra santa.", no entanto isso não só passa de uma mentira como também de uma enorme ignorância, portanto venho aqui - para a infelicidade de alguns - desmentir isso de maneira simples e lógica.

1570477010877.png

( Monte das Oliveiras - Israel )​
Primeiramente, os árabes não são o povo originário da antiga Canaã, a qual engloba Israel, Faixa de Gaza, Líbano, Síria, Cisjordânia e Jordânia. Os filisteus são os originários de lá, onde os mesmos são descendentes dos gregos, logo de cara já observa-se que a narrativa que os Israelenses - ou os hebreus seus descendentes - expulsaram os árabes/palestinos é uma mentia. Entretanto, sedento de acabar com essa narrativa vamos aos fatos históricos observar de perto quando os árabes chegaram a terra santa.

1705 a.C: Abraão, morador da cidade de Ur/antiga mesopotâmia receber por Estevão a mensagem de Deus onde haveria um pedaço de terra para o povo hebreu. Ele vai para Harã, a 960 km de distância, onde fica lá até a morte do seu pai, e com 75 anos vai até Canaã totalizando 1.650 km.
1661 a.C: Abraão segue para o Egito.
1446 a.C: Fim da escravidão hebraica no Egito quando Moisés liberta seu povo e segue caminho pelo deserto até a terra santa por 40 anos.
1406 a.C: Os hebreus chegam a terra santa, tendo como líder Josué.
1050 a.C: Fim da fase dos juízes, inicia-se a dominação dos filisteus sobre os hebreus dando início a fase dos reis. O primeiro rei foi o rei Saul - onde tentou implantar o desarmamento no povo hebreu, saiba mais clicando aqui - onde nunca conseguiu derrotar os filisteus e foi sucedido por Davi, onde venceu e teve domínio sobre toda cananeia. Este funda o estado Hebreu com capital em Jerusalém, após isso, Salomão trás melhorias a economia local dando melhor abrangência do reinado.
950 a.C: Salomão termina seu templo.
932 a.c: Salomão morre gerando uma divisão política no local, onde os Hebreus se dividiram em 12 tribos - 10 ao norte e 2 ao sul - , no sul surgiu o Reino de Israel com capital em Samaria e no norte surge o Reino de Judá com capital em Jerusalém.
722 a.C: O Reino de Israel é dominado por assírios - eram povos semitas - liderados por Senaqueribe.
590 a.C: O Reino de Judá é dominado por babilônios liderados por Nabucodonossor onde foi destruído o templo de Salomão.
530 a.C: Ciro imperador da Pérsia liberta o povo judeu que foram escravizados por Nabucodonossor, atacando a Babilônia e os judeus indo para a terra santa reconstruir o segundo templo de Salomão.
301 a.C: Os egípcios dominam os hebreus.
198 a.C: Os Sírios dominam os hebreus.
63 a.C: Os romanos dominam os hebreus.
70 a.C: O imperador Tito destrói pela segunda vez o templo de Salomão.

Já se foram 17 séculos e nada de árabe/muçulmano/palestino, pois essa relação deles com a região só ocorre em...

638 d.C: Quando Khalid Walid general do califa Omar dominou a terra santa.

Se fosse tiver uma calculadora em mãos, verá que os árabes chegaram a terra santa 2.343 ANOS DEPOIS DOS HEBREUS.

Portanto, mais uma vez nós damos conta da mentira que os árabes chegaram a terra santa antes dos hebreus.