Os executivos da estatal chinesa Huawei no Brasil estão todos animadinhos por estarem de volta no Brasil pelo jogo da rede 5G, segundo jornal

Dados da Imagem
Imagem ilustrativa (Divulgação).

Os executivos da estatal chinesa Huawei no Brasil estão todos animadinhos por estarem de volta no Brasil pelo jogo da rede 5G, segundo jornal


Um colunista de uma mídia da mainstream brasileira (fonte originária, citada abaixo) afirmou que a empresa teve 'vitórias importantes' com o governo do Brasil por conta da liberação da CoronaVac.

O POLITZ tinha alertado recentemente os leitores que os comunistas sempre trabalham dessa forma: utilizam-se de métodos obscuros, jogando com a vida dos outros para impor os seus próprios interesses. E segundo a publicação da fonte originária, foi exatamente isso que aconteceu.

A reportagem afirma que os executivos da estatal chinesa Huawei estão "animados", já que ela voltou ao páreo da briga pela Rede 5G no país. É de se estranhar uma empresa acusada em todo o mundo ocidental de espionagem para o Partido Comunista Chinês, se quer ser considerada como uma possível responsável pelo futuro da internet e comunicações no país.

Michel Temer, ex-presidente e contratado para realizar o lobby da empresa no Brasil e um 'assessor próximo' ao Presidente Bolsonaro foram os responsáveis para trazer a empresa de volta ao jogo.

Obviamente as vitórias comunistas se deram pela retenção (obviamente, na nossa opinião, programada e calculada pelo PCCh) dos insumos utilizados para produzir a vacina chinesa CoronaVac, obrigando os brasileiros a sentarem com os comunistas para negociar.

Conforme publicado pela fonte originária:

Ninguém, nem mesmo a embaixada chinesa, esconde que a participação da Huawei no próximo leilão do 5G foi discutida pelos corpos diplomáticos dos dois países. Neste momento, os executivos da companhia não possuem mais grandes receios sobre a participação no pleito.


Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
302
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom