Paraná pretende testar vacina russa de Putin em 10 mil voluntários daqui a 45 dias. Alguém se candidata?

A polêmica vacina russa de Vladimir Putin, principal defensor da sua solução contra o Coronavírus/Covid-19, vai chegar em breve no Paraná aqui no Brasil.

Nessa última quinta-feira (27), o governo do estado do Paraná divulgou que pretende iniciar os testes com a vacina de Putin contra a praga chinesa, a tal da Sputnik 5, em até 45 dias, em pelo menos 10 mil voluntários.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) ainda não liberou o período de testes, o que é necessário para o estado dar andamento ao programa. O governo estadual esteve em Brasília nessa última quinta para discutir o processo.

O Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná) trabalhará em conjunto com o Instituto Gamaleya, da Rússia, para desenvolver o protocolo no prazo de 1 mês. Ele então será enviado à Anvisa e à Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa), que decidirão se aprovam ou não o prosseguimento dos estudos clínicos.

Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
332
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom