Pela sexta vez consecutiva, mercado financeiro melhora previsão do PIB com queda para 5,62%

O mercado financeiro voltou a prever uma queda menor do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em meio à pandemia causada pela praga chinesa (Coronavírus/Covid-19).

É a sexta vez consecutiva que isso ocorre, na qual, chegou hoje a uma queda de 5,62%, com estimativa de alta para 2021 em 3,5%.

O relatório foi feito pela Focus, que pode ser lido através do link disponibilizado pela fonte originária, clicando aqui.

A previsão é a sexta mais otimista, se comparado à semana anterior, a queda era de 5,66%.

Outras previsões da agência indicam uma Taxa Selic de 2% até o fim de 2020, uma inflação em 2020 de 1,63% e para 2021, a 3%. Já o câmbio, a estimativa é que o dólar feche o ano a R$ 5,20.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
312
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom