Pesquisa em andamento pela Unifesp mostra que o uso da Heparina pode reduzir 70% das infecções celulares pela praga chinesa

Em um estudo científico realizado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com colaboração de cientistas europeus, revela um possível novo mecanismo para o combate do vírus chinês (Coronavírus/Covid-19).

A utilização do anticoagulante heparina pode reduzir em até 70% das infecções causadas pelo vírus, indicando que a doença também afeta o sangue, já que causa coagulação, afetando casos do pulmão, prejudicando a circulação do oxigênio e agravando a situação do paciente.

Segundo a fonte originária, a heparina pode dificultar a entrada da maldita praga chinesa nas células do corpo humano:

- "Em testes de laboratório, feitos em linhagem celular proveniente do rim do macaco-verde africano (Cercopithecus aethiops), a heparina reduziu em 70% a invasão das células pelo novo coronavírus. Os resultados do estudo, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foram descritos em artigo publicado na plataforma bioRxiv, ainda em versão pré-print (sem revisão por pares). A pesquisa contou com a participação de cientistas da Inglaterra e da Itália."

A pesquisadora Helena Nader, professora da Unifesp e coordenadora do projeto no lado brasileiro afirmou o seguinte:

- "Existiam indícios de que a heparina, que é um fármaco que desempenha várias funções, também tenha capacidade de prevenir infecções virais, incluindo por coronavírus, mas as evidências não eram muito robustas. Conseguimos comprovar essa propriedade do medicamento em ensaios in vitro"

A publicação também informa que a pesquisa ainda está em fase inicial e não recomendando o uso sem a prescrição e recomendação médica.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
379
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom