• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

Piorando mais ainda a totalitária Lei das Fake News, Angelo Coronel impõe rastreamento monitorado no WhatsApp, proibição de disparo de mensagens

O caráter totalitário da Lei das Fake News cada dia aparenta piorar na perseguição dos usuários de recursos da internet, com mais absurdos sendo colocados na redação da lei que praticamente instaura um Ministério da Verdade no Brasil, em alusão ao livro 1984 de George Orwell, acabando completamente com a liberdade de expressão no Brasil.

O Senador Angelo Coronel, da Bahia, vem encabeçando a proposta, além de ser o presidente da CPI das Fake News que praticamente se transformou em um instrumento estatal para perseguir a direita conservadora que apoia o Presidente Jair Bolsonaro.

O projeto, enfrentando bastante resistência da sociedade e dentro do próprio Senado Federal, vem sofrendo diversas alterações que estão sendo amplamente cobertas pelo POLITZ, na defesa de uma internet livre, sendo o último pilar do exercício da liberdade de expressão nesse país que cada vez caminha para um Estado policialesco.

Atualmente, o texto retirou a previsão de que as redes sociais devem remover notícias consideradas falsas, mas trouxe a obrigação para usuários informarem um número de celular para que se possa criar um perfil.

Além disso, aplicativos de comunicação instantânea serão obrigados a guardar registros de qualquer usuários que compartilhem mensagens "em massa", seja lá o que isso pode significar, através do chamado "cadeia de encaminhamentos", que guardará e registrará toda a movimentação de conteúdos compartilhados pelo WhatsApp, por exemplo.

O novo relatório obriga serviços de mensagem a guardar, por até três meses, o nome do usuário que mandou uma mesma mensagem a cinco usuários ou mais em até 15 dias. Eles deverão registrar também a data e hora em que isso aconteceu, assim como as pessoas que foram atingidas.

Se isso não é um projeto típico de um estado totalitário, inventado por pessoas que provavelmente possuem personalidades duvidosas que querem controlar a nossa comunicação, não sabemos definir o que seria diferente disso.

Esse projeto precisa ser barrado imediatamente, caso contrário, a frágil liberdade de expressão e pensamento no Brasil deixará de existir por completo.
Fontes das Informações
  • Curtir
Reactions: ExtraNoob
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
412
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom