Por superdosagem em estudo com cloroquina que levou a morte de 11 pacientes, MPF realizará investigação

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul decidiu abrir um inquérito para investigar o estudo realizado em Manaus com o uso da cloroquina em pacientes infectados pelo vírus chinês (Coronavírus/Covid-19).

A pesquisa havia sido aprovada pela Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa), ligada ao CNS (Conselho Nacional de Saúde) e o próprio Ministério da Saúde e seria o maior do Brasil, financiado pelo Governo do Amazonas, Farmanguinhos (Fundação Oswaldo Cruz, Sufama, Capes e Fapeam) e outros fundos federais.

Segundo as informações das fontes originárias, o estudo utilizou altas dosagens do medicamento, chegando a 3 vezes a dose recomendada, o que levou a morte de 11 pacientes.
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
682
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom