Presidente Bolsonaro crítica PL das Fake News e afirma que 'não vai vinga' citando ainda a possibilidade de veto

O Presidente da República junto com poucos parlamentares aparentam serem os únicos que estão realmente defendendo os interesses e direitos da população brasileira, em especial, a liberdade de expressão, pensamento e o direito inviolável da privacidade das comunicações.

Ontem, o Senado Federal, de maneira vergonhosa, aprovou por 44 votos a 32, a famigerada PL das Fake News, um projeto com caráter totalmente totalitário, praticamente importado da China, copiando modelos existentes em países ditatoriais, que vai monitorar, registrar e arquivar a comunicação da população por aplicativos como WhatsApp e Telegram e ainda, prevendo a criação de um verdadeiro Ministério da Verdade orwelliano, na forma de um "Conselho" estatal para definir o que é verdade e o que não é.

Nessa quarta-feira, falando para apoiadores na frente do Planalto, disse que a PL das Fake News "não vai vingar" e citou ainda a possibilidade de veto do texto.

- "Acho que na Câmara vai ser difícil aprovar… Agora, se for, cabe a nós ainda a possibilidade de veto, tá ok? Acho que não vai vingar esse projeto, não [...] Foi aprovado o projeto ontem [terça-feira], uma diferença pequena de votos. Eu falei com um senador que votou favorável, ele falou que como era virtual ele se equivocou, assim deve ter acontecido com outros"


Presidente Bolsonaro ainda saiu em defesa da população, afirmando que "tem que ter liberdade" e que "ninguém mais do que eu é criticado na internet. Nunca reclamei. E, no meu Facebook, quando o cara faz baixaria eu bloqueio. É um direito meu".
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
237
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom