• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

Prévia da inflação fica em 0,14% para novembro, sendo a menor taxa para o mês desde 1998

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (PCA-15), que mede uma prévia da inflação oficial do país, registrou 0,14% em novembro, mostrnado uma aceleração em relação à taxa de 0,09% registrada em outubro, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foi a maior variação mensal do índice desde maio (0,35%). Apesar da ligeira alta, trata-se do menor resultado para um mês de novembro desde 1998, quando a taxa foi de -0,11%. Em novembro de 2018, a taxa foi de 0,19%.

No ano de 2019, o IPCA-15 acumula uma leve alta de 2,83% e em 12 meses, de 2,67%, abaixo dos 2,72% registrados nos 12 meses exatamente anteriores, indo mais abaixo do piso da meta de 2019, reforçando as previsões de uma nova redução na taxa básica de juros que ocorrerá em dezembro.

De acordo com as informações divulgadas pelo IBGE, dos 9 grupos de produtos e serviços, 3 já apresentam deflação:

  • Alimentação e Bebidas: 0,06% (0,02 ponto percentual)
  • Habitação: -0,22% (-0,04 p.p.)
  • Artigos de Residência: -0,06% (0 p.p.)
  • Vestuário: 0,68% (0,04 p.p.)
  • Transportes: 0,30% (0,06 p.p.)
  • Saúde e Cuidados Pessoais: 0,20% (0,02 p.p.)
  • Despesas Pessoais: 0,40% (0,04 p.p.)
  • Educação: 0,04% (0 p.p.)
  • Comunicação: -0,02% (0 p.p.)
O grupo que apresentou a maior variação negativa foi a de energia elétrica (-0,22%)) e ajudou a segurar a inflação em novembro, impactando em -0,04% no índice geral.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
211
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom